.

Olá! Hoje vou falar com vocês sobre a Syrah.

A Syrah (Francês) é uma das mais antigas variedades. Alguns especialistas apontam sua origem na Antiga Pérsia. Os vinhos do norte do Rhône, na França, como o Hermitage e o Crozes-Hermitage são feitos à base dessa casta e podem durar décadas. (São maravilhosos, por sinal. Quem nunca experimentou deve provar, pois são inesquecíveis! Também gosto muito dos St. Joseph de renomadas vinícolas, normalmente, são mais baratos e, ainda assim maravilhosos.

Syrah ou Shiraz?

Essa uva é bastante produzida na Austrália, onde é considerada a uva símbolo, que produz o famoso vinho australiano Penfolds Grange. Também ganhou espaço na África do Sul, Argentina, Brasil, Califórnia, Chile e Nova Zelândia. Faz vinhos escuros e intensos com sabores de frutas pretas e especiarias. Normalmente, possui acidez média e taninos altos. Quando provenientes de locais de clima moderado produz vinhos muito escuros, secos, tânicos e com notas de pimenta do reino e violeta. Se originárias de locais mais quentes, os vinhos, apesar de tânicos, apresentam notas de especiarias doces (alcaçuz e cravos da Índia) e de chocolate. Ah! e contém grande quantidade de oxidades que são benéficos para a saúde.

Diferença entre Syrah e Shiraz

A uva é a mesma, no entanto, por conta do terroir acaba produzindo vinho com características distintas. O vinho feito da Syrah (termo francês) normalmente é mais elegante, com taninos mais finos e com notas sutis de pimenta negra, um bom exemplo é um Syrah do norte do Rhône. Já os elaborados com o nome Shiraz (termo inglês),são mais potentes, achocolatados, especiados e tânicos, como exemplo temos o Shiraz de Barossa ou Mc Laren Valley, da Austrália.

E você, já experimentou um Syrah e um Shiraz? Notou a diferença? Qual gostou mais? Conte para nós!!!

 

Comentários

comentários

Close