.

estudo do vinhoSempre gostei de vinho, assim, sem motivo. Achava a bebida saborosa, vibrante, relaxante e, para mim, isso era o suficiente para elegê-la a companheira predileta das festas e dos jantares (principalmente a dois). Em 2010, após uma fase de terrível estresse resolvi, por aconselhamento médico, eleger um hobby, pois não tinha nenhum até então. Pintura, desenho, culinária, foram algumas das tentativas frustradas de passatempo. Como gosto muito de ler e de pesquisar achei que estudar vinhos (e poder bebê-los com maior conhecimento de causa, claro) seria uma solução interessante para combater minha estafa. O incentivo veio da minha mãe: naquele ano, ela me deu de presente de aniversário meu primeiro curso de vinho básico na loja Vintage do Iguatemi Shopping em Brasília. Foram 12 horas de aulas teóricas e práticas, divididas em quatro módulos de três horas cada, apresentados sempre às quartas-feiras à noite. (O dia do curso era perfeito: enquanto o maridão ia beber cerveja e assistir a jogos de futebol com os amigos eu ia estudar e beber vinho no shopping!)

Aos poucos o que era um passatempo, virou uma paixão. De lá pra cá fiz curso básico, curso avançado, cursos temáticos, curso em navio, curso em Florença (na Itália), curso reconhecido internacionalmente, como os níveis 1 e 2 da Wine and Spirit Education Trust. Também participei de feiras, palestras, degustações, jantares harmonizados e visitei diversas vinícolas no Brasil e no exterior. Isso sem falar da assídua presença nos inúmeros encontros da confraria que participo em Brasília – a Confraria Terroir.

Trabalho como jornalista no Poder Judiciário há 19 anos, e agora que descobri o maravilhoso universo do vinho, resolvi diversificar meus conhecimentos e atividades. Abri esse blog com a certeza de que vou ensinar e aprender a cada dia, pois para escrever sobre vinho, mais do que beber, preciso ler e estudar muito, sempre!

vinho e livroO Blog Vinho Tinto é, pois, espaço ideal para dividir conhecimentos, informações, ideias, pensamentos, momentos, gostos, aromas, notas e avaliações de pessoas que, como eu, querem celebrar a vida com uma bela taça de vinho na mão. Minha intenção com este projeto é simples: visa apenas desmistificar, difundir e democratizar o vinho sem a intenção de tirar seu glamour. Afinal, uma bebida que desde sua produção até seu consumo, passa por inúmeros rituais, merece ser reverenciada não por esnobismo, mas por respeito.

Saúde!!!!

Blog Vinho Tinto – Quem conhece aprecia.

 

Close