.

Quem aprecia vinhos espanhóis, com certeza, já ouviu falar na marca Valduero, uma das mais reconhecidas em Ribera del Duero e também considerada uma das 15 melhores da Espanha. Em um almoço harmonizado do qual participei, com a presença do espanhol Miguel Angel Mateo Garcia, gerente de exportações da vinícola, pude conhecer melhor não só os vinhos, como também a história da empresa. O almoço aconteceu no restaurante Dom Francisco da 402 Sul e também contou a presença da equipe da World Wine, responsável por trazer a marca Valduero para o Brasil.

Degustação

Foram servidos quatro grandes vinhos no almoço. Vou escrever um pouco de cada um deles:

Valduero Blanco de Albilio. Esse foi o primeiro a ser servido, diga-se de passagem, que foi perfeitamente harmonizado com o bacalhau mantecato e musseline de batata. Esse vinho é elaborado com a uva Albilio, autóctone da Região de Ribera de Duero. São produzidos apenas 58 mil garrafas. Notas de pera, maçã verde e flores…isto mesmo, o toque floral é um grande diferencial neste vinho.Possui uma acidez média, uma persistência encantadora e demorada e um leve amargor (mas bem agradável) no retrogosto. Além disso, tem ótima presença em boca. O valor do vinho é de R$115,00.

Blanco de Abilio – Elaborado com uva autóctone da região de Ribera del Duero

Valduero Crianza 2015 – Esse veio acompanhado de tagliata de chorizo com folhas baby e lascas de parmesão. Depois do estágio em 15 meses de barrica francesa e americana e após descansar 12 meses em garrafa, esse vinho chega ao mercado. É vinho com uma boa persistência e muito aromático (cereja, framboesa, tabaco, baunilha e toffee). É um vinho relativamente complexo por ser um crianza ainda. Na boca: taninos suaves, muita cereja e uma acidez bastante pronunciada. A persistência é média/alta. O valor do vinho é de R$215,00. Sem dúvidas um Crianza diferenciado.

Valduero Crianza: um crianza diferenciado!

Tanto o Valduero Reserva 2010 , como o Gran Reserva foram harmonizados com mignon de cordeiro em crosta acompanhado de salteado de batatinhas, cebola e cogumelos Paris. O primeiro, Valduero Reserva 2010, ganhou 95 pontos da revista Decanter e é realmente um vinho ímpar. São 30 meses de barrica e 18 em garrafa antes de ser comercializado. Um vinho perfeito. Muito complexo no nariz e persistente também. O aroma de frutas imprensiona logo no início e, após respirar, outros aromas se apresentam na taça desse vinho complexo. Na boca, tem taninos macios, muitas fruta vermelhas, toques de tabaco, grafite e pimenta, decorrentes dos contatos com a madeira. A persistência impressiona. Valor : R$335,00.

Valduero Reserva: 95 pontos pela renomada revista Decanter

O Gran Reserva 2005 é um vinho para beber de joelhos. Estagia 48 meses em barricas variadas (americana, húngara, francesa e eslovena) e 40 meses na garrafa, depois desse período apenas é destinado a ser comercializado. Esse que experimentei, tem exatamente 12 anos e está completamente vivo, com presença de muitas frutas frescas e também secas. Tem uma complexidade incrível, seu aroma muda a cada instante que o aspiramos. O mesmo acontece na boca. Muito harmônico e com ótima estrutura também apresenta madeira, mas nada exagerado para sobrepor a fruta. Enfim, é elegante, potente e feito com vinhas de 70 anos. Sensacionalíssimo! Preço: R$777,00 (apesar de ser caro, é bem mais barato que muitos vinhos do mesmo).

Valduero Gran Reserva 2005 – com 12 anos de idade o vinho está sensacional e ainda pode ficar melhor.

Sobre a D.O Ribera del Duero

Limitada por características geoclimáticas únicas, Ribera del Duero está situada na confluência de quatro províncias da Comunidade Autônoma de Castilla y León: Burgos, Segovia, Soria y Valladolid, totalizando 102 vilas. O clima especial faz das uvas locais produtos únicos. Com baixo índice de chuvas ao longo do ano e duas estações bem definidas, com verões secos e invernos longos e rigorosos, a temperatura na região varia entre -18 ºC e 40 ºC.

Atualmente o vinho da D.O. Ribera del Duero é o segundo mais vendido da Espanha. Em geral, são bebidas ousadas, potentes, cheias de fruta e com impressionante capacidade de envelhecimento. Essas qualidades se obtêm da variedade Tempranillo ou Tinta del País, perfeitamente adaptada ao clima extremo da região.

Ribera del Duero

A combinação de poder e elegância tem sido a assinatura do Tempranillo da Ribera del Duero e a contribuição da região na elaboração de vinho. Já a uva branca representa 16,5% do total da produção, sendo que a mais empregada é a Albillo ou Blanca del Pais.

Os rótulos da D.O Ribera del Duero se dividem em: Tintos Jovens, sem permanência ou com tempo inferior a 12 meses em barris de carvalho; Tintos Crianzas, com mínimo de 12 meses em contato com o carvalho; Tintos Reserva, com 36 meses de amadurecimento entre o carvalho e a garrafa, sendo um mínimo de 12 meses no tonel; e os Tintos Gran Reserva, com mínimo de 60 meses de envelhecimento e 24 meses em contato com a madeira.

Sobre a Valduero

É uma das primeiras bodegas da D.O. Ribeira del Duero. Foi fundada em 1984 no pequeno vilarejo de Gumiel de Mercado. Independentemente de seu pouco tempo de existência já é consagrada pelo público e especialistas. Valduero conta con 200 hectáres de vinhedo próprio plantado em vaso. Mediante una estrita poda, se obtém rendimentos muito baixos em quantidade de uva por cepa, obtendo uma qualidade excepcional. As medalhas de ouro e prata conquistadas em diversos concursos atestam sua excelência.

Comentários

comentários

Close