.

A Moldávia aproveita o clima moderado do Mar Negro, pequenos morros e um terreno adequado para produzir uvas na região. O pequeno país  do leste Europeu foi responsável por 50% da produção de vinhos da antiga União Soviética e a Milestti Mici tentar manter esta grandiosidade até os dias de hoje.

Moldávia foi responsável por 50% da produção de vinhos da antiga União Soviética.

Guinnes Book

Localizada no distrito de Ialoveni, Milestii Mici foi registrada no Guinness Books em 2007 com uma impressionante coleção de um milhão e quinhentas mil garrafas em sua adega subterrânea. Os juízes do Guinness levaram mais de um mês para chegar a este número.

Vinícola Milestti Mici tentar manter a tradição da Moldávia de produzir muitos vinhos até os dias de hoje.
Vinícola Milestti Mici tentar manter a tradição da Moldávia de produzir muitos vinhos até os dias de hoje.

A adega subterrânea é uma antiga mina de calcário, convertida em adega em 1968. Possui mais de 200km de extensão e chega a uma profundidade de 85 metros. Com uma temperatura constante de 13ºc e umidade entre 85-95%, o local é ideal para guardar os vinhos e envelhecê-los. O vinho mais antigo data de 1969 e a Milestii Mici aluga espaço na adega deles para que outras pessoas ou vinícolas possam estocar, guardar ou envelhecer seus vinhos. Há ainda uma cascata e várias fontes de água no subterrâneo, usada na limpeza dos enormes  barris.

A adega subterrânea é uma antiga mina de calcário, convertida em adega em 1968
A adega subterrânea da Milestti Mici é uma antiga mina de calcário, convertida em adega em 1968

Cidade Subterrânea

“Apenas” 55km é usado hoje em dia, mesmo assim, o subterrâneo é tão grande que o passeio deve ser feito com auxílio de um carro ou moto. Foi preciso dar nomes para as passagens para evitar que as pessoas ficassem perdidas. As “ruas” recebem nomes como Cabernet, Aligoté, Feteasca, transformando o lugar em uma verdadeira cidade subterrânea do vinho.

Atualmente há mais de 2 milhões de vinhos guardados
Atualmente há mais de 2 milhões de vinhos guardados na cave subterrânea

70% do vinho produzido por eles são de tintos, 20% de brancos e 10% da produção são vinhos de sobremesa. Atualmente há mais de 2 milhões de vinhos guardados lá, tendo safras desde 1969 e uma infinidade de variedades, tanto internacionais como regionais. São elas:  Pinot, Traminer, Muscat, Riesling, Feteasca, Dnestrovscoie, Milestscoie, Codru, Negru de Purcari, Trandafirul Moldovei, Auriu, Cahor-Ciumai, Marsala, Utreneaia Rosa, Nejnosti, etc.

Comentários

comentários

Close