.

Adoro escrever esses posts didáticos. A ideia é sempre transmitir alguma informação interessante para os leitores que estão começando a se familiarizar com o mundo do vinho. Se você é um deles, sugiro que acompanhe esta coluna (Para Iniciantes) com frequência. Toda semana tem novidades!

aavide
Videira e cepa

Videira

Hoje vou começar explicando o que é uma videira (que também pode ser chamada de vinha ou de parreira). De uma maneira bem simples, videira é a planta que produz a uva. É possível encontrar mais de 60 espécies dela em todo o mundo, mas apenas algumas são utilizadas na viticultura moderna. Para produzir vinhos de qualidade, por exemplo, os chamados “vinhos finos”,  é necessária a utilização apenas das uvas que são produzidas pela espécie de origem euroasiática, denominada “vitis vinifera”.  Dessa espécie, acredita-se que existam 10 mil variedades, mas cerca de seiscentas apenas foram isoladas, cultivadas e reproduzidas pelo homem.

images
Estima-se que existam cerca de 8 e 10 mil variedades de vitis vinifera.

Videiras Americanas

Existem algumas videiras cujas espécies de origem americana, normalmente, são utilizadas para produzir vinhos de qualidade inferior (muitos deles de garrafão). Algumas dessas espécies também são utilizadas na vinicultura moderna para fornecer um sistema radicular para as videiras “vitis viniferas”, porque são resistentes a pragas que atacam as raízes dessas videiras.

porta-enxerto
Videiras de origem americana: servem como porta-enxerto, pois possuem raízes resistentes a pragas.

Cepa

Já a cepa é a própria variedade da uva, que também pode ser chamada de casta. Ex: Sauvignon Blanc, Chardonnay, Torrontés, Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Syrah. 

Comentários

comentários

Close