.

O Bar 2gather é a mais recente novidade do Pontão do Lago Sul, um dos destinos mais procurados pelos turistas que visitam Brasília. A expressão inglesa “to gather” – que significa juntar, unir – inspirou o nome do local que foi idealizado para reunir amigos, celebrar ou fazer novas amizades. O local é bastante descolado e tem projeto arquitetônico que remete ás dobraduras de um origami.

O cardápio reúne elementos da cozinha japonesa, chinesa, tailandesa e coreana. Os sócios 2gather Murilo Hypólito, Rodrigo Angelin e o chef William Chen Yen – também no comando da cozinha – apostaram em duas tendências mundiais da gastronomia: os izakayas e os noodle bars.

Estive no local a convite e pude degustar vários pratos. Destaque para as entradas: Nasu no Missô (R$19) – berinjela frita, pasta doce de missô e gergelin; as 2Gather Fries (R$19) – batata rústica, nosso aioli e furikake. O Ramen é um dos pratos principais saboroso e bem servido (R$42) com opções de caldo: tonkotsu/missô/black e opções de proteina: tofu/barriga de porco/cupim bovino.

Ramen Black

O bar também serve uma sobremesa sensacional – Harumaki de Dulce de Leche (R$24) – com sorvete fior de latte, crocante de nougat de sementes e calda de maracujá.

Os drinques são o forte da casa. Pra mim, o destaque foi para o Aperol Spritz, que tem espumante na sua sua composição (claro!!!rsrsrs). Pra quem gosta de cerveja, a Heineken é a oficial do bar. A carta de vinhos é simples e composta basicamente por vinhos do Novo Mundo. Os valores variam de R$32 (vinho da casa) a R$159.

Chás gelados da casa são ótimas sugestões para os dias quentes. São duas opções: Mate infusionado e temperado com limão e gengibre e o Chá Verde (feito com matchá e um toque de limão siciliano).

Sobre o chef William Chen Yen

Chef William Chen Yen

Renomado no mercado gastronômico de Brasília – sua família está no ramo de restaurantes há mais de quatro décadas – cresceu entre fogões e panelas. Dentre as casas com sobrenome familiar estão o antigo Fon Min e o Taiwan, ambos de cozinha chinesa. Como chef de cozinha, esteve à frente do contemporâneo Babel, do La Table Cachée e do Grand Bistrô Paris 6 em Brasília. Entre o intervalo do comando dessas cozinhas, William Chen Yen estagiou em casas famosas: nos brasileiros Olympe (RJ) e extinto EÇA (RJ), e nos internacionais Mugaritz (San Sebastian, Espanha) e  Mirazur (Menton, França). Em 2019, o chef foi convidado a participar do reality “Mestre do Sabor”, da TV Globo. Em um episódio emocionante, todo o Brasil pôde conhecer um pouco mais do seu trabalho.

Comentários

comentários

Close