.
Rapport Caf[es Es
Rapport Cafés Especiais. Foto: Raquel Aviani
Quem não dispensa uma boa música nas noites de sexta-feira já tem um destino certo. No próximo dia 7 de outubro, o Rapport Cafés Especiais e Bistrô (201 Sul) lança o projeto Jazz no Bistrô, com o grupo Gypsy Jazz Club. Das 19h às 22h, os músicos Igor Diniz (contrabaixo acústico), Victor Angeleas (violão tenor e bandolim) e Eduardo Souza (violão) apresentam o melhor do gypsy jazz. O couvert custará R$ 10,00.

De origem francesa, o gypsy jazz (que significa jazz cigano) é um ritmo marcante e alegre, que lembra trilhas sonoras de filmes e desenhos animados. Chamado também de “jazz manouche” ou “manouche jazz”, pela forte influência na França, o gênero tem no guitarrista Jean “Django” Reinhardt um de seus destaques. O Gypsy Jazz Club, que já teve em sua composição o violinista norte-americano Ted Falcon, traz o melhor do gypsy jazz dos anos 30 e 40, com pitadas de música brasileira, em arranjos para lá de especiais.

E enquanto aproveita a música, o público poderá saborear desde entradinhas e petiscos a saladas, pratos principais e sobremesas. Nas entradas para compartilhar, uma boa pedida é o rosbife de picanha em vinagrete de alho-poró com torradinhas de ervas amanteigadas e crocantes, a R$ 32,90.

Espumantes, vinhos e drinques

Espumantes, vinhos e drinques refrescantes também fazem parte do menu do bistrô. Os destaques entre os coquetéis ficam por conta do Aperol Spritz (Aperol, laranja e espumante), a R$ 19,90; o Clericot (vinho branco, Licor 43 e frutas – maçã verde, maçã vermelha, abacaxi, laranja e morango), a R$ 20,90. Aos que não dispensam um sabor tropical, há também a Caipirosca de maracujá, manga rosa e manjericão, a R$ 23,90.

Confira os perfis dos músicos do Gypsy Jazz Club

Victor Angeleas e Igor Diniz (Foto: Carol Nogueira)
Victor Angeleas e Igor Diniz (Foto: Carol Nogueira)

Igor Diniz – Bacharel em Contrabaixo Acústico Erudito pela Universidade de Brasília, Igor Diniz estudou na Escola de Música de Brasília. Além da banda do bandolinista Ian Coury, integra as orquestras Filarmônica e Ars Hodierna, ambas da cidade. O músico atua, ainda, em grupos de instrumental, jazz, samba, choro, música árabe e mediterrânea, e é professor de baixo acústico erudito e popular e baixo elétrico.

Victor Angeleas – Bandolinista de 10 cordas e compositor, Victor Angeleas iniciou seus estudos musicais aos sete anos de idade. Desde então, dedicou-se a diversos instrumentos como o piano, o violão e o cavaquinho, mas elegeu, aos treze anos, o bandolim como o principal. Em 2013, formou-se em licenciatura em música pela Universidade de Brasília e lançou seu primeiro disco “Sem Fronteiras” em parceria com o acordeonista Junior Ferreira. Atualmente, desenvolve um trabalho solo e com outros músicos, atua como professor na Escola de Música de Brasília e é mestrando na linha de performance musical na UnB.

Eduardo Souza – Formado em violão pela Escola de Música de Brasília, Eduardo Souza dedica-se a diversas vertentes. Com experiência em música instrumental brasileira de diferentes formações, já fez trilhas sonoras para peças teatrais. O canto também está entre as habilidades do violonista, que participa de corais, interpreta obras de artistas e grava jingles para rádio. Além de integrar os grupos de choro Folha Seca, Quarteto Norte Sul Leste Oeste, e Regional Dois pra lá Dois pra cá, Eduardo acompanha solistas como Ted Falcon, Tiago Tunes e Sérgio Morais.

Jazz no Bistrô – Rapport Cafés Especiais
7 de outubro (sexta-feira), das 19h às 22h, com o grupo Gypsy Jazz Club, no Rapport Cafés Especiais e Bistrô. Couvert: R$ 10,00.
CLS 201, Bloco B, Loja 9, Asa Sul; Reservas: (61) 3322-0259.
Classificação indicativa livre.

Comentários

comentários

Close