.

Como tema, pano de fundo ou protagonista, o cinema muitas vezes abriu espaço para mostrar, nas telonas, o vinho. E para quem é apaixonado, uma matéria bem bacana do Estadão separou uma lista com os filmes imperdíveis para os amantes da bebida, que você vai poder conferir agora. Eu já assisti a todos e acho que Sideways, Bottleshock (O Julgamento de Paris)  e os documentários Somm são realmente os que não podem deixar de ser vistos. E você? 

Sideways (2004)

Pôster do filme Sideways (2004).

Sideways  (“Sideways – Entre Umas e Outras”, no Brasil) é uma comédia dramática estadunidense de 2004, que chegou a conquistar 4 globos de ouro e a vencer o Oscar de melhor roteiro adaptado. O filme é baseado em um romance do autor Rex Pickett, de mesmo nome, e conta a história de um homem fascinado por vinhos e de seu melhor amigo, que saem numa viagem de uma semana pelas vinícolas da Califórnia, fazendo uma ode à beleza e elegância da marca Pinot Noir. Pelo menos 10 vinícolas aparecem no filme.

Bottle Shock (2008)

Bottle Shock, ou o Julgamento em Paris (Português), é baseado em fatos reais.

Em Bottle Shock (“O Julgamento de Paris”, no Brasil), um vinicultor desafia a supremacia francesa e provoca uma tensão na indústria vinícola mundial, colocando a Califórnia no mapa dos bons vinhos. A inspiração para a obra vem da vida real, e mostra como a história do vinho foi drasticamente alterada a partir do chamado “Julgamento de Paris”.

Mondovino (2004)

Mondovino: um filme documentário sobre a globalização, tendo como protagonista a indústria do vinho.

Mondovino é um filme documentário sobre a globalização, tendo como protagonista a indústria do vinho e a mudança nas formas de produção no Velho Mundo, influenciadas pelo mercado americano. A história gira em torno do énologo e consultor Michel Rolland, um dos mais requisitados da Europa, que aconselha produtores a realizar micro-oxigenação dos vinho e outras manipulações para garantir um paladar homogêneo, pronto a atender o grande mercado. O diretor era um antigo sommelier, de origem francesa.

A Good Year (2006)

A good year é uma comédia dramática onde o protagonista é herdeiro de um vinhedo.

A Good Year (“Um bom ano”, no Brasil) apresenta o menino Max Skinner, de 11 anos, que, por meio do tio, o dono de um vinhedo na França, é levado à conhecer mais intensamente a arte de apreciar vinhos. Ao envelhecer, após a morte do tio, Max se torna o único herdeiro do vinhedo e planeja vender o lugar, mas um lugar com lembranças tão saborosas não é fácil de se abrir mão. A história é uma comédia dramática.

The Secret of Santa Vitoria (1969)

Ambientada na Segunda Guerra Mundial, The Secret of Santa Vitoria é uma adaptação da obra de Roberto Crichton.

Adaptação de um romance de mesmo nome, do autor Roberto Crichton, The Secret of Santa Vitoria (“O segredo de Santa Vitória”, no Brasil) é ambientada no final da Segunda Guerra Mundial. Após a rendição do exército fascista e a deposição de Mussolini, um bêbado na cidade de Santa Vitoria, na Itália, é nomeado prefeito. No meio dessa confusão, a cidade tenta salvar o único bem produtor da cidade das mãos dos nazistas alemães: o vinho.  

Somm (2013) e Somm: Into the Bottle (2015)

Documentário Somm (2013).

Somm é um documentário americano de 2013 que mostra as tentativas de quatro candidatos para passar em um exame para Master Sommelier de extrema dificuldade: o teste tem umas das taxa de aprovação mais baixas entre todos os exames. Uma sequência foi produzida e lançada em 2015, com o nome Somm: Into the Bottle.  A obra começa apresentando uma breve história do vinho e do difícil exame até de apresentar os personagens principais.

Somm: Into the Bottle, a sequência do documentário sobre o exame para Master Sommeliers de 2013.

A Year in Champagne (2014)

A Year in Champagne é do mesmo diretor do documentário A Year in Burgundy.

Um filme para acompanhar viticultores, empresários de sucessos, especialistas e fanáticos pela produção de vinhos exclusivo da famosa região de Champagne, na França: essa é a proposta do A Year in Champagne (“Um ano Champagne”, no Brasil), dirigido por David Kennard.   

A Year in Burgundy (2013)

A Year in Burguny mergulha no processo cultural e criativo da produção de vinho.

Mais um documentário na lista: A Year in Burguny (“Um ano na Borgonha”, no Brasil) é um filme sobre a vida de sete produtores locais da região da Borgonha, na França, que tentar mergulhar no processo cultural e criativo de se fazer vinho. O documentário é dividido em quatro partes, de acordo com as quatro estações. O diretor é o mesmo de A Year in Champagne, lançado em 2014.

A Walk in The Clouds (1995)

Pôster do filme A Walk in the Clouds (1995).

Em A Walk in the Clouds (“Caminhando nas Nuvens”, no Brasil), um ex-combatente da Segunda Guerra mundial está infeliz no seu casamento, e nesse momento conhece uma jovem que engravidou recentemente e teme a reação da família, que é proprietária de vinhedos. O filme se passa na vinícola Las Nubes, no norte do México.  

Midnight in Paris (2011)

Midnight in Paris (2011) foi dirigido por Woody Allen.

Uma marcante cena de degustação trouxe Midnight in Paris (“Meia noite em Paris”, no Brasil) para a lista: dirigido por Woody Allen, o filme se passa em Paris, e conta a história de um roteirista dos anos 1920, todas as noites, à meia-noite.

Informações sobre os filmes: Wikipédia e Filmow. Adaptadas.

Você pode conferir a matéria original do Estadão aqui, que também apresenta uma breve descrição dos filmes, além de alguns trailers das obras.

Comentários

comentários

Close