.

1474060016-0Mais de 270 pessoas, de 28 países, já garantiram participação no 39º Congresso Mundial da Vinha e do Vinho, que ocorre em Bento Gonçalves (RS), de 23 a 28 de outubro deste ano. O evento promovido pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) – entidade que reúne 46 países membros – é considerado o mais importante do segmento vitivinícola do mundo. Para o encontro anual, que será sediado pela primeira vez no Brasil, são esperados mais de 400 pessoas, entre representantes diplomáticos, profissionais da vitivinicultura, dirigentes de sindicatos e associações de produtores, produtores de uvas e derivados da uva e do vinho, autoridades governamentais, imprensa especializada e público enófilo.

O segundo lote de inscrições segue até a véspera do Congresso, no dia 22 de outubro, e devem ser feitas pelo site. Os preços variam de R$ 332,50 (estudantes) a R$ 2.502,50 (participando de todas as atividades). Durante o evento, as taxas ficam entre R$ 420 e R$ 3.080.

Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, será sedo do . Foto: Davi da Rold
Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, será sedo do39. Congresso Mundial da Vinha e do Vinho . Foto: Davi da Rold

Os inscritos que optarem pela programação completa usufruirão também de passeios turísticos preparados pela organização. Eles poderão escolher entre cinco opções de roteiros: região dos Altos Montes (Nova Pádua e Flores da Cunha); Rota dos Espumantes (Garibaldi); Vale dos Vinhedos e Monte Belo (Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul); Pinto Bandeira e Caminhos de Pedra (Bento Gonçalves); e Vale do Rio das Antas – Tuiuty e Faria Lemos (Bento Gonçalves). “Dadas as circunstâncias de dificuldades mundiais, entre elas a crise financeira, o número de inscritos até o momento está conforme prevíamos”, avalia o membro da comissão organizadora do 39º Congresso, o pesquisador da Embrapa Uva e Vinho, José Fernando da Silva Protas.

O tema central desta edição é Vitivinicultura: avanços tecnológicos frente aos desafios do mercado, gerando discussões em torno de assuntos como desenvolvimento sustentável e mudanças climáticas, cultura do vinho, consumo responsável, avanços nas tecnologias vinícolas, produção de uva de mesa e suco, entre outros. Serão apresentados 350 trabalhos selecionados nas áreas de viticultura, enologia, economia e direito e segurança e saúde. As atividades ocorrerão no Centro de Convenções do Dall’Onder Grande Hotel. “O objetivo maior de termos buscado o evento foi para criar uma oportunidade para apresentar os avanços e tecnologias da vitivinicultura brasileira. Esperamos que seja oportuno para projetar e desmitificar o setor. É um desafio muito grande, de muito trabalho”, pontua Protas.

A realização do Congresso no Brasil é coordenada e presidida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e compõem a Comissão Organizadora do evento a Embrapa Uva e Vinho, o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) e a Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves.

Atualmente, a OIV é presidida pela alemã Monika Christmann.

Países inscritos até o momento
África do Sul , Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Bolívia, Brasil, Bulgária, Canadá, Chile, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos, França, Geórgia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, República Checa, Romênia, Rússia, Suécia, Suíça, Turquia e Uruguai


39º Congresso Mundial da Vinha e do Vinho   

      
Quando: 23 a 28 de outubro de 2016
Onde: Centro de Convenções do Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves (RS)
Valor: até 22 de outubro, de R$ 332,50 a R$ 2.502,50. Durante o evento (23 a 28 de outubro), de R$ 420 a R$ 3.080
Informações sobre as taxas e os roteiros turísticos:www.oiv2016.org.br/pt ou inscricoes@aconteceeventos.com.br

Comentários

comentários

Close