.
1455840066-0 (2)
O diretor executivo da Agavi, Darci Dani (à esquerda), e Oscar Ló comemoram anúncio de redução do IPI para vinhos  de 10% para 6% na Festa da Uva Foto: Cassiano Farina

O ministro do Trabalho e da Previdência Social, Miguel Rossetto, anunciou a redução da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de 10% para 6% em 2016 e para 5% a partir de 2017. O anúncio de redução do IPI para vinhos de 10% para 6% na Festa da uva aconteceu já durante a abertura do evento, na tarde desta quinta-feira (18), em Caxias do Sul (RS). Representando a presidente Dilma Rousseff, Rossetto também afirmou que o governo está empenhado em resolver o imbróglio do seguro rural, já que ainda não foi repassado a subvenção do seguro para milhares de viticultores. “Vivemos um ano de 2015 e início de 2016 com muitas dificuldades e a estratégia central do governo é a recuperação da atividade econômica para revivermos o momento de crescimento e a ampliação de investimentos”, resumiu.

Perdas da Safra

Rossetto citou as perdas da safra, que de acordo com o setor devem ser de cerca de 50%, para justificar a necessidade de resolução imediata do pagamento da parcela do seguro rural. Em entrevista coletiva após a abertura, o ministro antecipou que a alteração do imposto  deverá ser feita por decreto da presidência.  A redução do IPI anunciada nesta quinta reverte a decisão da presidência, que havia vetado a possibilidade de estabelecer alíquotas máximas para o IPI.

Comemoração do Anúncio

O vice-presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló, comemorou o anúncio, num ano com perdas na safra e num cenário de dificuldades na economia brasileira. Antes da abertura, em entrevista concedida para a Rádio Gaúcha, o vice-presidente do Ibravin reforçou que os estoques registrados até janeiro deste ano são suficientes para abastecer o mercado. “Temos cerca de 250 milhões de litros em estoque, o que nos dá certa segurança, levando-se em conta que uma perspectiva de manutenção ou uma pequena retração no consumo”, acredita.

Audiência com Parlamentares

Nesta semana, o diretor executivo do Ibravin, Carlos Paviani, e o presidente do Sindivinho, Gilberto Pedrucci, estiveram na capital federal, em audiências com senadores e deputados, com o objetivo de articular o apoio dos parlamentares para que rejeitem o veto da presidente às alíquotas do IPI. “Mesmo com a publicação do decreto, a rejeição do veto vai garantir em lei a redução do IPI, conforme foi acordado no final do ano entre todas lideranças partidárias, o que possibilitou a aprovação da MP 690 no Congresso. O setor vai continuar mobilizado para  garantir as alíquotas que foram acordadas”, explicou Paviani.

O presidente da Festa da Uva, Edson Néspolo, afirmou que a expectativa da comissão organizadora é de receber cerca de 1 milhão de visitantes.

O governador do estado do RS, José Ivo Sartori, e o prefeito de Caxias do Sul, Alceu Barbosa Velho, discursaram na abertura, resgatando a memória da maior festa comunitária do país, que completa 85 anos em 2016.

Fonte – Ibravin

Comentários

comentários

Close