.
Visitando a Casa Valduga, no Vale dos Vinhedos-RS

Que enófilo nunca ouviu falar da Casa Valduga? Pois é, essa vinícola, localizada no Vale dos Vinhedos-RS, é também o primeiro complexo enoturístico do país, por ter sido a primeira do Brasil a reunir vinhedos, vinícola e pousada num mesmo espaço. Durante minha estada em Bento Gonçalves-RS pra participar como jurada do Brasil Wine Challenge (relembre aqui), tive a oportunidade de conhecer de perto as instalações da Casa Valduga. Confesso que superou minhas expectativas.

Atualmente a Casa Valduga é administrada pela 3ª geração e se orgulha de ser totalmente familiar.

História

A História da vinícola começou em 1875 quando o primeiro imigrante da Família Valduga, Marco Luigi Valduga, começou a cultivar as primeiras videiras do Vale dos Vinhedos. Passaram-se os anos e Luis Valduga, filho de Marco Luigi, fundou a vinícola, que atualmente é administrada pela 3ª geração (Erielso, Juarez e João Valduga) e se orgulha de ser totalmente familiar.

Marco Luigi Valduga, começou a cultivar as primeiras videiras do Vale dos Vinhedos
Marco Luigi Valduga, começou a cultivar as primeiras videiras do Vale dos Vinhedos

 

Casa Valduga desde o século XIX no Vale dos Vinhedos
Casa Valduga desde o século XIX no Vale dos Vinhedos

A Casa Valduga hoje pode ser considerada uma vinícola de grande porte. Foi muito interessante fazer parte e acompanhar um grupo de turistas no local. E, por falar em turistas, uma coisa que deu pra perceber  por lá é que o fluxo deles é bem intenso, sendo necessário marcar com antecedência a visita ao local.

É necessário marcar com antecedência a visita à Casa Valduga
É necessário marcar com antecedência a visita à Casa Valduga

Vinhedos

Os vinhedos da Casa Valduga são lindos. No entanto, além das vinhas que tive a oportunidade de conhecer, a vinícola conta também com parreiras em Encruzilhada do Sul, Serra do Sudeste Gaúcho e na Campanha Gaúcha, totalizando 200 ha. Isso representa 70% das uvas que a empresa dispõe para a produção de vinhos. Os outros 30% são adquiridos de terceiros.

Casa Valduga: 200 ha de vinhedos (Vale dos Vinhedos, Encruzilhada do Sul, Sudeste Gaúcho  e Campanha Gaúcha)

Produção da Casa Valduga

A Casa Valduga produz hoje dois milhões de litros de vinho. Sendo 57% do total, espumantes. Para dar conta desse volume, a vinícola possui a maior cave subterrânea para espumantes da América Latina!!! É impressionante como o local é enorme e repleto de espumantes em pulpitres. É realmente de assustar. É giganteeeeeee!!!!!

Maior cave subterrânea para espumantes da América Latina
Maior cave subterrânea para espumantes da América Latina
O espaço é repleto de espumantes em pulpitres
O espaço é repleto de espumantes em pulpitres

Inclusive, entre os espumantes está o Maria Valduga, o destaque da vinícola e que fica 48 meses em contato com as leveduras. Leva esse nome para homenagear a matriarca da família que foi idealizadora do sonho de elaborar espumantes no Brasil pelo método champenoise, seguindo a tradição de Champagne, na França.

Maria Valduga - O espumante mais top da Casa Valduga
Maria Valduga – O espumante mais top da Casa Valduga

Modernidade

O passeio pela Casa Valduga também impressiona pela modernidade. O maquinário vem de países como Itália, França e Alemanha. Como tudo está protegido por vidro transparente, é possível acompanhar as várias fases de produção. Interessante é poder ver o processo de degórgèment dos espumantes, quando os sedimentos do gargalo são congelados e expelidos.

A vinícola impressiona pela modernidade de suas instalações
A vinícola impressiona pela modernidade de suas instalações

Pousada

Ao final do passeio, é possível passar em frente à Pousada Casa Valduga, um local pra lá de aconchegante, que conta com apenas 24 acomodações, está localizado no coração da vinícola e cercado por parreirais.

Pousada Casa Valduga: pequena, mas aconchegante
Pousada Casa Valduga: pequena, mas aconchegante

No complexo, ainda é possível ver o restaurante Maria Valduga, que une rusticidade com decoração contemporânea e possui um cardápio típico italiano.

Restaurante Maria Valduga
Restaurante Maria Valduga

A visita e degustação na Casa Valduga custa R$40,00 e dá direito a uma taça. Para agendar é preciso mandar email para faleconosco@casavalduga.com.br ou ligar para (54) 2105.3122

Casa Valduga - Via Trento 2355 - Linha Leopoldina Vale dos Vinhedos - Bento Gonçalves/RS
Casa Valduga – Via Trento 2355 – Linha Leopoldina Vale dos Vinhedos – Bento Gonçalves/RS

 

Casa Madeira Delicatessen

Outro restaurante do Grupo Casa Valduga é o Casa Madeira. Ele fica bem pertinho da vinícola e vende pratos super saborosos. A proposta do local é um breve resgate histórico da original culinária dos primeiros imigrantes italianos no Vale dos Vinhedos, oferecendo inclusive carne de caças. A Casa Madeira juntou-se ao empreendimento em 2014. Existem na Casa dois tipos de Menu. Um executivo com opções de antepasto (R$8,00), salada (R$10,00), massa fresca (R$31), um prato de carne (de R$36,00 a R$41) e uma sobremesa (R$10,00). E tem também o Menu especial com entrada, saladas, acompanhamentos, carnes, massas e sobremesa. Essa segunda opção sai a R$68,00. Foi a que experimentei e amei de verdade!!!

O legal do lugar é que é bem aconchegante e tem música agradável. Detalhe: tudo no restaurante é orgânico e de horta própria, além disso as massas são caseiras grano duro. É aberto apenas no almoço de segunda a sábado, das 12h às 15h30min.

Ah! Esqueci de falar uma coisa, lá também conta com um espaço para a venda de vários produtos Casa Madeira e também os da linha Vinotage – cosméticos que tem por base compostos da uva e do vinho, chamados de polifenóis e que são ótimos para o rejuvenescimento.

Vinho Especial

Outro detalhe bem importante: o vinho vendido no restaurante tem o mesmo preço do vinho vendido na loja. Aproveitei, então, para degustar o fantástico Villa-Lobos. Um Cabernet Sauvignon que passou 12 meses em carvalho francês, 18 meses descansando em cave. É um vinho de cor rubi, complexo, com notas de frutas vermelhas maduras, café, chocolate e baunilha.Na boca é bem persistente e marcante, com taninos maduros. Experimentei o da safra 2011, que foi uma excelente safra no Brasil.

12 meses em carvalho francês, 18 meses descansando em cave
12 meses em carvalho francês, 18 meses descansando em cave

Enfim, é isso! Espero que tenham gostado das minhas dicas. 🙂 Veja mais fotos clicando aqui (Fotos: Guilherme Penchel  Edição: Claudio Cabrito)

 

Casa Madeira Delicatessen
Via Trento 3355 – Linha Leopoldinha – Vale dos Vinhedos
C.P. 579 – Bento Gonçalves – RS – Brasil | CEP: 95.700-000
Restaurante e Varejo: +55 (54) 3453.5678
contato@casamadeira.com.br
 
 

Comentários

comentários

Close