.

A revista norte americana Wine Spectator, considerada uma das mais influentes publicações do mundo especializadas em vinhos, divulgou recentemente a lista dos 10 melhores vinhos de 2015 – um Cabernet Sauvignon do Napa Valley (Oakville) ficou no topo.  No dia 16 de novembro, será divulgada a lista completa dos 100 melhores, os chamados . Todos os anos, desde 1988, Wine Spectator lança a sua lista Top 100, na qual seus editores selecionam os vinhos mais emocionantes dos milhares analisados durante o decurso do ano. Para selecionar os melhores vinhos, a revista leva em consideração os seguintes fatores: qualidade, relação custo x benefício, disponibilidade no mercado americano e um fator emocional, chamado de fator X.

Confira os dez melhores.

Primeiro Lugar pela Wine Spectator
1. lugar no Top Ten da Wine Spectator. Cabernet Sauvignon. Napa Valley (EUA).                                       Melhores vinhos de 2015

Nota 96 e Preço US$195

Nota de Prova

Deliciosamente puro e suave, com explosivos sabores de frutas negras e vermelhas e uma textura sedosa polida . Os taninos tornam-se mais evidentes no meio do caminho, com o perfil de cascalho rochoso esmagado que lhe proporciona uma dimensão mineral. Beber de agora até 2030.  (James Laube). Região: Napa Valley (Oakville), Califórnia.

Segundo lugar pela Wine Spectator
2. lugar no Top Ten da Wine Spectator – Cabernet Sauvignon de Columbia Valley (EUA).                 Melhores vinhos de 2015
 

Nota 96 e Preço U$140

Nota de Prova

Polido e generoso, com sabores de ameixas vermelhas e cerejas, um conjunto elegante emoldurado com taninos finos . Um vinho Saboroso de final longo. Beba agora até 2028. (Harvey Steiman). Região Columbia Valley, Washington (EUA)

 

Terceiro Lugar do Top 10 -
3. lugar no Top Ten da Wine Spectator. Pinot Noir do Oregon (EUA)                                             Melhores vinhos de 2015
Nota 98 e Preço US$70

Nota de Prova

Sedutor, sedoso e macio, esse vinho tem camadas de groselhas, ameixas, mirtilo e sabores de pimenta unidos harmoniosamente num final expressivamente longo . Beber agora até 2022. (Harvey Steiman). RegiãoWillamette Valley,  Oregon (EUA)

Quarto Lugar Top Ten Wine Spectator. Nota e Preço
4. lugar noTop Ten da Wine Spectator.Brunello di Montalcino (Itália)                                                                                          Melhores vinhos de 2015

Nota 95 e Preço U$85

Notas de Prova

Rico, com excelente densidade, cereja madura e ameixa e uma estrutura bem integrada. Licorice, terra e tabaco adicionam profundidade.  Notas de tabaco e mineral com um final longo . Mostra equilíbrio e aderência. Melhor de 2018 até 2033. (Bruce Sanderson). Região – Toscana, Itália.

Quinto lugar do Wine Spectator -
5 lugar no Top Ten Wine Spectator.  Chardonnay  de Santa Clara Valley                                                                                      Melhores vinnhos de 2015

Nota 95 e Preço US$60

Notas de Prova

Picante e tostado. Um  carvalho aromático oferece um início sedutor com frescas e vibrantes notas cítricas de limão, pêssego branco e frutas de caroço que são densas, concentradas e persistentes.  Termina com um suculento sabor de lima. (James Laube). Região Santa Clara Valley (EUA)

6. lugar Top Ten Wine Spectator - Ribera del Duero. Nota
6. lugar Top Ten Wine Spectator . Tempranillo de Ribera del Duero                                                                                                         Mellhores vinhos de 2015

Nota 94 e Preço US$54

Notas de Prova

Este tinto mostra concentração e densidade com ricos sabores de ameixa, amora, chocolate, alcaçuz e mineral. A estrutura é muscular, mas graciosa , destacando frutos maduros complementados por notas saborosas que o mantém equilibrado e fresco. Melhor consumir a partir de 2016 até 2032. (Thomas Mattheus). Região – Ribera del Duero (Espanha)

7. lugar no Top 10 Wine Spectator
7. lugar no Top 10 Wine Spectator. Pinot Noir de MartinBorough                                                                                                               Melhores vinhos de 2015

Nota 95 e Preço U$69

Notas de Prova

Complexo , concentrado e intrigante, com sabores intensos de amora e ameixa mostrando também destaques de nogueira preta, sândalo, pinho seco, pimenta preta e chá Darjeeling. Os taninos são refinados e macios e o acabamento é épico. Beber agora até 2030. (MaryAnn Worobiec). Região – Martinborough (Nova Zelândia). 

8. lugar no Top 10 Wine Spectator. Amarone, Itália. Nota - 95 e preço U$85
8. lugar no Top 10 Wine Spectator. Amarone, Itália.                                                                                                      Melhores vinhos de 2015

 

Nota 95 e preço U$85

Notas de Prova

Um tinto elegante, impecavelmente equilibrado, com sabores de cereja preta, molho de ameixa, tabaco curado, chocolate escuro e especiarias do bosque. Apresenta uma veia rica de mineralidade com toques defumados que cantam no final duradouro. Beba agora até 2035. (Alison Napjus). Região – Vêneto, Itália

9. lugar no Top Ten da Wine Spectator. França.
9. lugar no Top Ten da Wine Spectator. Blend de Merlot, Cabernet Sauvigon e Cabernet Franc de Saint Emilion,França.                                                                                                                                                                  Melhores vinhos de 2015

Nota 94 e preço U$72

Notas de Prova

Maravilhoso, com aroma puro de violeta abrindo caminho para ameixa e amoras maduras. Oferece um paladar suave, com anis e tabaco. Uma nota giz finamente costurada se apresenta no final longo. Melhor de 2017 até 2030. (James Molesworth). Região – Saint-Émilion (França)

10. lugar Top Ten Wine Spectator - África do Sul -
10. lugar Top Ten Wine Spectator. Vinho doce de Constancia, África do Sul com uvas  Muscat de Frontignan                                                                     Melhores Vinhos de 2015

Nota 95 e Preço US$8

Notas de Degustação

Rico e untuoso, ainda soberbamente atrevido, este vinho oferece intensos sabores de damasco, figo, manga e marmelo secas, sublinhados por notas de laranja e apoiado por um longo final de gengibre e chá verde. Muito jovem, este complexo vinho merece ficar mais na adega. Muscat de Frontignan . Melhor a partir de 2016 até 2030. (James Molesworth). Região – Constância, África do Sul.

Comentários

comentários

Close