.

Texto: Moacir Mustefaga/ Edição: Etiene Carvalho

Confraternização de fim de ano da Confraria Terroir
Confraternização de fim de ano da Confraria Terroir

Fim de ano, época de comemorações, alegria, planos para o ano novo, neste clima aconteceu a última reunião de 2014 da Confraria Terroir. Diferentemente de outras reuniões, em que cada confrade levava um vinho de sua preferência dentro de uma temática específica, optou-se por um jantar harmonizado, cujo menu e elaboração coube à confreira Márcia Mustefaga e a harmonização coube a mim com a assessoria do José Filho da Enoteca Decanter de Brasília.

Marcia Mustefaga - responsável pelo jantar
Coube à confreira Márcia Mustefaga a elaboração do menu e de todos os maravilhosos pratos servidos na noite.
Menu especial para jantar de encerramento do ano da Terroir
Menu especial para jantar de encerramento do ano da Terroir

Foram sete vinhos para harmonizar com os pratos. Para o petit comitè foram servidos canapés de salmão, canapés de anchovas e casquinha de caranguejo acompanhados por espumantes Cave Amadeu Rosé (R$45) e  Cave Geisse Nature (R$58), ambos elaborados pelo método tradicional. O Cave Amadeu Rosé é um 100% Pinot Noir com pronunciados aromas a frutas vermelhas e com uma acidez marcante, que o credencia a acompanhar comida ou apenas bebê-lo sozinho em um dia caloroso. Já o Cave Geisse Nature é um corte tradicional de chardonnay e pinot noir e acompanha uma tendência de se elaborar espumantes sem adição de açúcar, tende a agradar apenas aos “iniciados” por ser bastante seco, acompanhou com maestria a casquinha de caranguejo.

O espaço do gourmet foi todo decorado para receber os confrades.
O espaço do gourmet da casa do casal anfitrião (Márcia e Moacir) foi todo decorado para receber carinhosamente os confrades.
foto 4 (2)
Cave Geisse Nature: sem qualquer adição de açúcar tende agradar mais os “iniciados”.

Para a salada de folhas verdes e pera caramelizada escolhemos (na verdade foi uma imposição minha) o Colomé Torrontés (R$48), vinho absolutamente refrescante e extremamente aromático destacando-se rosas, lichias e frutas tropicais, considero um curinga este vinho pois tem um amplo espectro de pratos leves para sua harmonização.

aatorrontes
Colomé Torrontés: um “vinho curinga” para a harmonização

Em seguida foram servidos três pratos que tiveram o mesmo vinho harmonizando, os pratos foram, na sequência: salmão gravlax, creme de cogumelos e robalo ao creme de brie e o vinho o francês Paul Mas Viognier (R$78) que apesar da variedade de características dos pratos conseguiu o feito de agradar na harmonização.

aadireita
O vinho Viognier Paul Mas harmonizou bem com os três pratos da degustação.

Continuamos com um confit de pato ao molho de tâmaras que foi harmonizado com o argentino Las Moras Black Label Bonarda (R$75), esta uva é a segunda mais plantada na Argentina e inicialmente era utilizada para elaboração de vinhos mais baratos. Com o tempo e um melhor trabalho dos viticultores locais seu status mudou e hoje produz ótimos exemplares além de ser uma ótima opção aos malbecs locais, já que tem taninos mais doces e macios.

foto 3 (3)
Com taninos macios e doces, ficou perfeito ao ser harmonizado com o confit de pato ao molho de tâmaras.

Na sequência um rosbife com purê de maças e para acompanhá-lo o ótimo espanhol da Rioja Luís Cañas Reserva (R$120) com seus aromas tostados, frutas vermelhas maduras e tabaco, na boca bastante volumoso e persistente, para mim o melhor vinho da noite, digno de replay.

Luis Canas Reserva 2009 - O melhor da noite.
Luis Canas Reserva 2009 – O melhor da noite.

Por fim a sobremesa, um coulis de frutas vermelhas com doçura contida exatamente como o vinho que a acompanhou o francês Ramón Monbazillac (R$112), vinho com boa acidez que o credencia a acompanhar sobremesas com limão.

aaamonb
Monbazillac: destaque para a boa acidez.
Vinhos degustados durante o evento de confraternização da Terroir. Ano que vem tem mais!!!!
Vinhos degustados durante o evento de confraternização da Terroir. Ano que vem tem mais!!!!

Depois do sucesso deste último encontro do ano só nos resta aguardar (ansiosamente) pelo retorno no ano que vem.

Comentários

comentários

Close