.
Eu e o produtor português das Caves Messias, Messias Vigário

Recentemente participei de uma degustação de vinhos da Caves Messias, trazido de Portugal para o Brasil pela Porto a Porto. O evento, que aconteceu no Bartolomeu, contou com a presença de Messias Vigário, produtor das Caves Messias, quem conduziu a degustação.
A noite começou com um delicioso espumante elaborado pelo método tradicional: o Messias Grand Cuvée Brut Millesime, produzido na Bairrada com as uvas Baga, Bical e Chardonnay, possui bolhas finas e persistentes e cor amarelo palha. Na boca mostra-se cremoso e com boa persistência. É leve e fresco com notas de levedura e tostado. O preço está excelente: em média R$49,00.

Espumante  Messias Grand Cuvée Brut Millesime: ótima relação custoxbenefício

Depois tive a oportunidade de conhecer o vinho branco do Dão Quinta do Penedo, feito com a uva Encruzado. No nariz apresentou pera, na boca bastante mineralidade e frescor. A acidez foi média. O valor desse vinho: R$60,00. Ficou ótimo acompanhando uma paella marinera.

Quinta do Penedo branco: harmonizou super bem com a paella marinera

Em seguida, experimentei o tinto Quinta do Valdoero 2012, também produzido na Bairrada, com as uvas Syrah, Baga, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon. Achei esse vinho delicioso e com ótimo custoxbenefício: R$49,00. É fresco e bastante equilibrado; fácil de beber e de harmonizar. Tem boa persistência.

Quinta do Valdoero

O Quinta do Valdoeiro Syrah veio na sequência – um vinho leve que apresentou frutas vermelhas maduras, pimenta negra e um leve toque mineral. Escoltou uma polenta de cordeiro com polenta cremosa italiana e ficou divino. Vinho de fácil harmonização com o preço médio de R$100,00.

Para finalizar, o delicioso Porto 10 anos servido com casquinha de doce de leite

Para encerrar os trabalhos um Porto 10 anos acompanhado de casquinha de doce de leite. O Porto Messias mostrou-se bastante equilibrado e persistente com notas de uva passas e frutas secas. Preço médio: R$130,00.

Comentários

comentários

Close