.
Dom Francisco comemora 30 anos

Quem fez o aniversário foi o Dom Francisco Restaurante, mas quem ganhou o presente foi o enófilo de Brasília. Pra comemorar os 30 anos anos da Casa, os principais fornecedores de vinho do restaurante se reuniram e promoveram durante dois dias na Asbac uma Feira de Vinhos com apresentação/degustação de alguns dos principais rótulos disponíveis para compra no restaurante.  A Feira, que ocorreu nos dias 20 e 21 de julho, teve entrada gratuita e foi prestigiada por cerca de 400 pessoas, que puderam apreciar mais de 100 rótulos por dia.

Feira de Vinhos para comemorar o aniversário do Dom Francisco

Adega Alentejana, participou com rótulos portugueses. A Pires de Sá Vinhos, entrou com vinhos da brasileira Casa Valduga e da chilena Casa Del Bosque. A Del Maipo deu ênfase nos rótulos chilenos e espanhóis. Já a  a World Wine priorizou os italianos e franceses. Por fim, a TW Vinhos e a  Trelix entrararam com rótulos variados.

Excelentes rótulos para comemorar o aniversário do Dom Francisco

Eu visitei a Feira no sábado, segundo dia do evento. Sucesso total! Ótimos e variados rótulos para serem degustados, atenção especial dos representantes e momento de descontração com os amigos do mundo do vinho.

Brindando com os amigos do Mundo do Vinho
Brindando com os amigos do Mundo do Vinho

Veja algumas preciosidades que encontrei por lá e minhas percepções:

Anthília DonnaFugata 2016 (Itália)

Anthilia DonnaFugata

Esse vinho além de ter o rótulo lindo e atrativo é também delicioso. Elaborado, predominantemente, com a uva Cattaratto pela renomada vinícola Donna Fugata é um vinho muito fresco e com ótima acidez, mesmo se tratando de um 2016. No nariz apresenta frutas frescas e frutas de caroço com toques levemente herbáceos. Na boca frutas frescas com um final bem persistente e elegante. Preço médio R$150,00. Importado pela World Wine.

Icardi Barolo (Itália)

Icardi Barolo

100% Nebbiolo, esse Barolo do Piemonte é feito com uvas produzidas a partir de práticas orgânicas e biodinâmicas pela Icardi. No nariz mostra notas de frutas vermelhas frescas, especiarias e couro. Na boca é encorpado, com taninos presentes, mas sedosos e possui final longo e persistente. Preço médio: R$497,00. Importado pela World Wine.

Cortes de Cima Syrah 2014 (Portugal)

Cortes de Cima Syrah

Vinho Regional Alentejano delicioso esse. Um misto de frutas negras e silvestres com pimenta e um leve toque de baunilha. Os taninos estão bem domados.  Estagiou 8 meses em carvalho francês (90%) e americano (10%). Ótima persistência tanto no nariz como na boca. Preço Médio: R$174,20. Trazido para o Brasil pela Adega Alentejana

Parcela #7 2013 (Chile)

Parcela #7

Esse vinho chileno me impressionou muito. Feito do corte de Carbernet Sauvignon, Petit Verdot, Cabernet Franc e Merlot é um vinho bem elegante e intenso. No nariz mostrou frutas negras maduras e notas de especiarias, como pimenta preta. Em boca, é fácil perceber a acidez elevada, os taninos elegantes e uma mistura de notas herbáceas com frutas negras. É feito pela  Viña von Siebenthal e trazido para o Brasil pela TW Importadora. Preço médio: R$110,00

Vale da Pedra Syrah 2016 (Brasil)

Vale da Pedra 2016

Mais um Syrah brasileiro delicioso esse Vale da Pedra. Feito pela vinícola Guaspari em Espírito Santo do Pinhal (São Paulo), ele é um vinho feito em ciclo de inverno (uvas colhidas no inverno e não no verão, como ocorre normalmente). No nariz apresenta notas de frutas vermelhas e pimenta. Na boca ele tem um bom peso, boa persistência e também traz notas de frutas vermelhas mescladas com especiarias e chocolate amargo. Preço médio: R$95,00. Trazido para o Brasil pela Trilix.

Yllera 12 meses (Espanha)

Yllera 12 meses

Delicioso vinho esse Crianza. Envelhece 12 meses em carvalho, o que confere notas de baunilha e cedro ao vinho, mas de forma bastante integrada com as frutas vermelhas, tabaco e chocolate. Na boca é intenso e persistente. Taninos não agressivos. Vinho bom para acompanhar carnes brancas e vermelhas. Preço médio: R$157,00. Importado pela Del Maipo Wines.

Casa Valduga Gran Terroir Chardonnay (Brasil)

Casa Valduga Gran Terroir Chardonnay

Esse Chardonnay nacional é ideal para quem gosta de um branco mais encorpado. No nariz apresenta notas de frutas tropicais, baunilha e manteiga. Na boca, é volumoso e potente com notas frutadas e de cedro. É também um pouco untuoso devido o estágio do vinho em barricas francesas e eslovenas. Esse vinho foi eleito o melhor Chardonnay pelo concurso francês “Chardonnay du Monde”. Preço médio: R$120,00. Representante em Brasília é a Pires de Sá Vinhos

Corimbo 2011 (Espanha)

Corimbo

Esse Tempranillo de Ribera del Duero foi para mim o melhor de todos os vinhos que degustei na Feira.  Feito com uvas de vinhas de 20 anos, ele amadureceu 80% em carvalho francês e 20% em carvalho americano, em um total de 12 meses.  No nariz é um misto de frutas vermelhas e negras com café e chocolate. Na boca apresenta muita fruta, mas a nota de madeira também é evidente, porém de forma complementar. Achei o vinho bem equilibrado e com ótima persistência e taninos redondos. Só achei ele muito caro… 🙁 custa em média R$515,00. Trazido para o Brasil pela Ravin.

Veja mais fotos do evento clicando aqui.

 

Comentários

comentários

Close