.

Tive a oportunidade de participar recentemente de uma degustação, organizada pela Grand Cru, – maior importadora de vinhos da América Latina, com vinhos da Viña Cobos. O evento aconteceu no restaurante A Mano, em Brasília, e contou com a presença de Victoria Bravo, embaixadora da marca desde 2015, que fez a apresentação dos produtos.

Vinícola Conceituada

Para quem desconhece, a Cobos é uma vinícola argentina super bem conceituada, localizada em Mendoza, na região de Lujan de Cuyo. É ela a grande responsável pela uva francesa Malbec ter se tornado ícone argentino, graças ao trabalho do aclamado enólogo Paul Hobbs, considerado o “Steve Jobs do vinho” pela revista Forbes devido a precisão de suas criações. Hobbs também está na lista dos cinco consultores de enologia mais importantes do mundo.

História

Em 1997, Paul Hobbs conheceu os enólogos Andrea Marchiori e Luis Barraud, ambos de famílias tradicionais no ramo da vitivinicultura. Juntos, os três começaram a desenhar o sonho de abrir as portas de uma vinícola na Argentina surgindo assim a Viña Cobos.

Sobre os vinhos

Esses foram alguns vinhos Cobos que tive a oportunidade de degustar. Todos são importados no Brasil pela Grand Cru:

Cobos Felino Chardonnay 2017

Vinho bastante fresco este Chardonnay. É uma mistura de notas cítricas com flores. Bastante delicado tem boa persistência. Preço médio: R$109,90.

Cobos Felino Malbec, 2018

É o Malbec de entrada da vinícola e impressiona pela qualidade. Traz aromas de frutas vermelhas maduras, com um toque mentolado, além de amoras, cassis e pimenta. Tem boa estrutura e sabores concentrados. Bom para agradar e para harmonizar. Preço médio: R$109,90.

Cobos Bramare Cabernet Sauvignon Lujan de Cuyo 2016

Esse foi o que mais gostei. É elaborado com a uva Cabernet Sauvignon e apresenta muitas notas de frutas negras e vermelhas compotadas com toques de café, pimenta e tostado na boca. No nariz oferece aromas de cassis, cereja em compota, café e ameixa. Taninos firmes. Preço médio: R$339,90.

Cobos Bramare Malbec Lujan de Cuyo 2016

Esse vinho é uma mistura de frutas negrar, violeta e especiarias. É bastante complexo, com bastante estrutura. Tem taninos firmes e um final longo embalado em framboesas e amoras. O vinho passa por fermentação malolática com bactérias nativas em barris durante os três meses iniciais. Depois disso, envelhece por 17 meses em carvalho francês e americano, sendo 32% barricas novas. Preço médio: R$339,90.

Sobre a Grand Cru

A Grand Cru é a maior importadora e distribuidora especializada em vinhos de qualidade da América Latina. Com sólida atuação omni-channel, oferece mais de 2000 rótulos do mundo todo em mais de 65 pontos-de-venda de Manaus a Porto Alegre – com previsão de fechar o ano com mais de 80 lojas. Além das franquias e operações próprias, tem e-commerce (www.grandcru.com.br), clube de vinhos e distribuição aos melhores restaurantes, hotéis e empórios. Com 15 anos de tradição é reconhecida como sinônimo de qualidade pela experiência única que proporciona aos apaixonados por vinhos: dos experts aos iniciantes.

Comentários

comentários

Close