.
Pesquisa sobre vinho
Pesquisa revela que esperma fica mais forte quando homem ingere vinho regularmente

A fertilidade dos homens foi o foco da nova pesquisa sobre os benefícios do vinho. É que segundo um estudo realizada por pesquisadores do Nofer Institute of Occupational Medicine em Lodz, Polônia, homens que ingerem vinho três vezes por semana produzem espermas com caudas mais fortes do que aqueles que não bebem. Ou seja, pelo estudo polonês os espermatozóides produzidos por homens adeptos ao vinho são potencialmente melhores e mais saudáveis e, consequentemente, com grandes chances de fertilização.

Ainda de acordo com a pesquisa, ter mais momentos de lazer, consumir café fraco e usar cuecas samba-canção também melhoram o vigor reprodutivo do homem.
Vinho e espermatozóide
Antioxidantes contribuem para fortalecimento de espermatozóides

Antioxidantes e espermas – Em 2009, pesquisadores da Universidade de Múrcia, na Espanha, já haviam divulgado que o alto consumo de antioxidantes está associado com a alta capacidade reprodutiva do sêmen. Segundo os pesquisadores, a ingestão de alimentos antioxidantes, aí podemos incluir o vinho tinto, reduzem o nível de estresse oxidativo que pode afetar a qualidade do sêmen, e melhorar parâmetros de concentração de esperma bem como a sua mobilidade e morfologia.

Para os que desejam ser papai e adoram um vinhozinho, a notícia caiu como uma luva. Já para aqueles que gostam da bebida, mas não querem saber de crianças, o melhor é continuar bebendo vinho e usar camisinha, não é mesmo?
Abaixo, uma matéria (em inglês) produzida pela newsbreaker para divulgar a notícia de forma bem humorada:

 

Comentários

comentários

Close