.

No último dia 20 de março, o Blog Vinho Tinto foi conferir o lançamento dos produtos da vinícola Thera em Brasília. O evento ocorreu no wine bar da Más Vino, que fica na 306 sul.

Wine Bar Más Vino (306 Sul)

Antes de falar dos vinhos, eu preciso mencionar que o ambiente do wine bar está simplesmente maravilhoso! Além de lindo, a música é excelente e a tábua de frios e queijos que acompanhou os vinhos estava deliciosa! Mais um wine bar em Brasília que vale muito a pena conhecer!

Sobre a Vinícola Thera

Localizada na Serra Catarinense na Fazenda Bom Retiro, foi inaugurada em novembro de 2016 e é uma das vinícolas mais novas de Santa Catarina. A vinícola Thera nasceu de um projeto idealizado pelo empresário João Paulo Freitas, filho de Dilor Freitas, fundador da Villa Francioni e um dos pioneiros na produção de vinhos finos de altitude.

Vinícola Terha na Serra Catarinense – vinhos de altitude (Foto: site da vinícola)

O projeto arquitetônico da vinícola foi elaborado pelo Studio Archea, escritório de arquitetura do italiano Marco Casamonti, responsável pelo projeto da vinícola Antinori e é totalmente sustentável. A vinícola também está preparada para receber turistas e anunciou, em novembro de 2018, o “soft opening” (pré-abertura) da Pousada Fazenda Bom Retiro.

Além disso, a propriedade conta, nos fins de semana, com o Thera Wine Bar by Dijon e um deck com espaço para parrillas, localizado no meio dos vinhedos, de frente para um lago.

A Thera possui quatro rótulos disponíveis no mercado: Sauvignon Blanc, Chardonnay, Rosé e o Madai, tinto feito com Merlot, Cabernet Franc, Malbec e Syrah. Em abril a vinícola pretende lançar dois espumantes elaborados através do método Champenoise.

Degustação

Vinhos Thera

A apresentação da vinícola foi realizada pelo produtor João Paulo Freitas, que contou a sua história. Na ocasião, foram degustados os quatro rótulos que são produzidos por lá. Fiquei encantada com o Rosé e com o Sauvignon Blanc.

Thera Rosé 2018

Thera Rosé 208
Thera Rosé 2018

É elaborado com as uvas Merlot, Cabernet Franc e Syrah. Muito fresco e apresenta aromas de cerejas, morangos e um leve floral. Em boca a acidez é média alta é o corpo é baixo. O final é agradável e persistente. É feito por prensagem direta, logo ele é bem clarinho e delicado. Não passa por fermentação malolática e nem por barricas, apesar de ter seis meses de bâtonnage. É uma delícia e muito fácil de beber!

Uma curiosidade, o Rosé da Thera já foi eleito o melhor da categoria pelo Guia Adega – Vinhos do Brasil em 2017/18, recebendo 91 pontos.

Preço: R$ 119,00

Thera Sauvignon Blanc 2017

Thera Sauvignon Blanc 2017

Outro vinho que eu adorei! Boa intensidade aromática! Muita fruta tropical, como abacaxi e maracujá, nectarina e toques de ervas frescas que estavam bem equilibrados com os aromas das frutas. A acidez também é média alta e o corpo é médio baixo. O final é longo e a persistência me encantou! Esse vinho fica em contato com as lias até o engarrafamento, também passando pelo processo de bâtonnage. Gostei demais!

Assim como o Rosé, o Sauvignon Blanc ficou com a segunda maior pontuação da categoria na mesma avaliação do Guia Adega – Vinhos do Brasil em 2017/2018.

Vale lembrar também que os rótulos brancos da vinícola Thera foram destacados pelo Master of Wine Dirceu Vianna em outubro de 2018 na revista inglesa Decanter.

Preço: R$ 131,00

O produtor da Vinícola Thera, João Paulo Freitas, e Bianca Dumas, Blog Vinho Tinto
O produtor da Vinícola Thera, João Paulo Freitas, e Bianca Dumas, Blog Vinho Tinto

Como eu gostei muito dos vinhos, comprei os dois para levar para casa e o produtor João Paulo Freitas ainda fez a gentileza de assinar as garrafas para mim! Bem legal!😊

Os outros vinhos degustados foram os seguintes:

Thera Madai 2017 – Preço: R$ 131,00

Thera Chardonnay 2017 – Preço: 159,00

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

comentários

Close