.
Georges Duboeuf
Georges Duboeuf, papa do Beaujolais

Morreu na tarde de 04 de janeiro, aos 86 anos, Georges Duboeuf – o conhecido “Papa do Beaujolais” – um dos maiores e mais conhecidos produtores e comerciantes de vinho da França. Duboeuf ficou famoso no mundo do vinho por ter transformado o “Beaujolais Nouveau” em um fenômeno global na década de 1980.

Segundo informações da agência internacional de notícias AFP, a morte ocorreu em em Romanèche-Thorins, perto de Lyon, na França, após um derrame cerebral.

História de Georges Duboeuf, o papa do Beaujolais

Georges Duboeuf começou sua carreira como comerciante de vinho nos anos 50, quando fundou a L’Ecrin Maçonnais-Beaujolais, uma espécie de associação de produtores de vinho para ajudar a promover vinhos locais. Em 1964, ele montou sua própria vinícola, Georges Duboeuf Wines , usando métodos tradicionais de vinificação. 

Quando se aposentou em 2018 e entregou os negócios a seu filho Franck, a empresa produzia 30 milhões de garrafas por ano.

Dia do Beaujolais Nouveau

Beaujolais Nouveau
Beaujolais Nouveau

Duboeuf também era conhecido pelas celebrações que organizou em torno do Beaujolais Nouveau nos anos 80, com a presença de celebridades, chefs famosos e políticos. Graças à Duboeuf e seu trabalho intenso de divulgação, a data de lançamento do vinho, na terceira quinta-feira de novembro, passou a ser conhecida e comemorada em todo o mundo como o Dia do Beaujolais Nouveau.


Comentários

comentários

Close