Primitivo: conheça a uva “queridinha” dos brasileiros

Uva Primitivo, casta típica da região da Puglia, na Itália (FOTO: Reprodução)

Você já ouviu falar da uva Primitivo? Trata-se de uma casta que vem conquistando muito o prestígio entre os enófilos brasileiros. A sua boa aceitação deve-se ao fato dela resultar em vinhos frutados, bastante concentrados e final de boca mais doce, com características de paladar similares a de outros rótulos bastante consumidos no país.

A uva Primitivo é tradicional na região da Puglia, no sul da Itália. Embora seja esta a origem reconhecida da casta, há quem sustente a versão de que suas raízes estão na Croácia, país da Europa Oriental que encontra-se separado da Itália pelo mar Adriático. A similaridade genética com a vitis vinífera croata Tribidrag é que faz com que se suspeite dessa possibilidade. Também há controvérsias sobre o período em que a Primitivo começou a ser cultivada, se no século XIV ou somente mais tarde, no século XVII. 

Conheça a Chambourcin, a uva híbrida que dá bons vinhos

Conheça também a uva Merlot

AS CARACTERÍSTICAS DA UVA PRIMITIVO 

Em primeiro lugar, saiba que a denominação “Primitivo” remete a uma característica peculiar desta casta de uva: o seu precoce amadurecimento na videira. Essa rápida maturação faz com que fruta já esteja apta a ser colhida em agosto Europa. Portanto, bem antes do que acontece com outras variedades tintas, que ficam “prontas” em meados de outubro. 

No entanto, há produtores que optam por fazer a colheita posteriormente, aguardando um grau maior de maturação. É um fator que acaba por influenciar nas características do vinho. Porém, se a retirada das uvas da videira for muito tardio, pode haver perda de acidez e comprometimento da qualidade da bebida. 

Essa maturação “adiantada” leva a um aumento do açúcar residual da uva em sua polpa, proporcionando vinhos de alto teor alcoólico e mais doces. Assim, os rótulos produzidos a partir da Primitivo são densos, encorpados e de aroma frutado. A sua coloração é forte, vibrante. São elementos típicos do cultivo em regiões mais quentes, o que explica a sua aceitação no Brasil. 

É importante ressaltar que a Primitivo permite a produção de uma gama variada de vinhos. Os tintos são os mais conhecidos, ainda que também haja rosés e brancos. 

PRIMITIVO DE SALENTO 

Vinhedo na região da Puglia, na Itália (FOTO: Reprodução)

Como mencionado no início do texto, a uva Primitivo é típica da Puglia, no sul da Itália. No sudeste dessa região é feito o cultivo da Primitivo Del Salento, uma IGT (Indicazione Geografica Típica). Essa é uma das classificações oficiais do governo italiano para a produção de vinho. Com uma área de produção de 180km, passando por três províncias (Brindisi, Lecce e Taranto), ela tem a predominância de clima quente e seco

Essa condição, com a maturação precoce da uva, proporciona vinhos com notas de frutas vermelhas e negras, além de aroma e sabor bem marcantes. 

PRIMITIVO DI MANDURIA 

Os vinhos mais famosos e conceituados feitos a partir dessa uva estão na área do DOC Primitivo di Manduria. A rígida sigla para Denominação de Origem Controlada define que apenas a bebida produzida na cidade de Manduria e suas cercanias pode ter essa referência no rótulo. Esse DOC foi estabelecido em 1974, sendo um dos mais antigos da Itália 

O DOC Primitivo de Manduria está ao leste da cidade de Taranto e estende-se até a Vila de Francavilla Fontana, ao norte da região. Assim como na Primitivo de Salento, o clima é quente e seco. As videiras se desenvolvem em solos de características variadas – vulcânicos, calcários ou negros. Os seus vinhos são encorpados e de paladar agradável. 

Na Manduria também há o Primitivo Di Manduria Dolce Naturale, que resulta em um vinho mais doce, como o próprio nome sugere. 

Zinfandel, a uva gêmea da Primitivo

Uva Zinfandel, cultivada na Califórnia (FOTO: Reprodução)

Na Califórnia, há uma casta de uva que é tida como da mesma variedade da Primitivo. A Zinfandel, um símbolo da vinicultura no estado americano, tem características genéticas muito similares à da uva do sul italiano. Segundo os relatos históricos, mudas dessa videira foram levadas para os Estados Unidos no século XIX e se adaptaram facilmente nessa região do oeste. Em especial porque o clima mostrou-se favorável ao seu cultivo.  

Por um longo tempo, acreditou-se que a casta fosse originária da Califórnia. Todavia, essa versão perdeu força em 1994. Após uma série de estudos levados a cabo pela Universidade da Califórnia, foi feita a comparação do sequenciamento genético entre as cepas de Primitivo e Zinfandel. A conclusão foi de que as diferenças no DNA das castas eram sutis demais. Isso permite considerá-las da mesma variedade. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.