.

uvas finas parana

A produção de vinho nacional ganhou grande fôlego neste ano de 2016, uma ótima notícia para todos nós, amantes deste deliciosa bebida: o Vinho. Depois de Santa Catarina, foi a vez do Paraná impulsionar o setor produtor de uva.

Os agricultores familiares da Região Metropolitana de Curitiba se preparam neste ano com ações corretivas no solo, para o cultivo de uvas finas. Ação que faz parte de uma estratégia recém-criada pela Vinopar (Associação dos Vitivinicultores do Paraná) para deixar mais forte as vinícolas locais a fim de que o estado seja também uma referência em qualidade.

“Queremos mostrar que não é só o Rio Grande do Sul que produz vinhos finos. O objetivo é fazer o nosso estado ser fornecedor de matéria-prima para fabricação de vinhos e espumantes”. Diz o presidente da Vinopar, Giorgeo Zanlorenzi.

Pioneirismo

02
Vinícola Araucária – pioneira na produção de vinhos finos no Paraná

A primeira na fabricação de vinhos finos com uvas de terras paranaenses é a Vinícola Araucária. Ela está localizada na Região Metropolitana de Curitiba e uma das primeiras fazer a integração entre vinícola e vinhedo em 2007 com um investimento de R$ 4 milhões.

Em 2010 perdeu uma safra inteira para insetos que destruíram suas uvas. Mas aprenderam com erro e persistiram. Instalaram um sistema de telas para proteger a plantação. Desde então, a Vinícola Araucária produz em média 25 mil litros por ano de vinhos finos e espumantes mas tem capacidade para fabricar até 80 mil litros.

Uvas de Outros Estados

A maioria das uvas usadas por vinícolas locais são trazidas de fora do estado. Isso acontece porque a maioria dos produtores de vinho do Paraná não possui vinhedos próprios e precisa adquirir uvas da fora do estado. Alguns têm plantação de uvas americanas que são destinadas a produção de vinho coloniais.

O que a Vinopar quer é transformar agricultores familiares em fornecedores das vinícolas do estado. Para que isso aconteça, será distribuído mudas e ensinamentos sobre como plantar uvas finas, pois esse tipo de uva é uma exigência da evolução do próprio paladar do consumidor, segundo a instituição. É esperado que este projeto vingue em até três anos, tempo médio que demora para um parreiral se formar.

Existem 60 estabelecimentos que estão registrados como vinícolas ou produtores de derivados da Uva no Paraná, de acordo com os dados do Ministério da Agricultura. Os números exatos não são conhecidos pois há casos de estabelecimentos registrados como cooperativas que congregam vários produtores e pessoas que trabalham informalmente.


É bom ver passos sendo dados para frente em relação à produção nacional de vinhos e o aumento de sua qualidade! Você também está animado?

Comentários

comentários

Close