.
Vinho em tecido deve ser removido imediatamente (FOTO: Reprodução)

Um dos temores práticos dos enófilos é o de deixar derramar bebida em roupas, toalhas, tapetes, etc… E se a conjunção ocorrer entre vinho tinto e tecido branco, o receio adquire ares de “terror”. Mas se isso acontecer, tenha calma! Saiba que existem algumas receitas ótimas para remover manchas de vinho, recuperar o item afetado e manter sua paixão intacta. Aja imediatamente para retirar a mancha

Aja imediatamente para remover manchas de vinho

Sal pode ser um aliado para remover manchas de vinho (FOTO: Reprodução)

A primeira dica, importantíssima, é agir rapidamente. Eliminar manchas secas dá muito mais trabalho. Assim que o acidente ocorrer (toc,toc,toc), respire fundo e inicie a limpeza. Repouse um papel toalha sobre o tecido para absorver o máximo possível do líquido. Em seguida, coloque-o sob água corrente quente. Vale passar sabão natural para ajudar na remoção.

Outra alternativa de emergência é espalhar sal para que o mineral sugue o excedente do líquido. Neste caso, deixe o salpicado atuar por cerca de uma hora. Junto ao sal, você pode aplicar também suco de limão. Se preferir, pode espremer limão antes de espalhar o sal.

Em qualquer dessas práticas, espere o tempo indicado e observe. Ao perceber que a mancha clareou consideravelmente, faça a lavagem do material com água morna. 

Leite, vinagre, água oxigenada…

O leite é outro ingrediente que funciona para remover manchas de vinho. É um método mais antigo, muito adotado antes do surgimento de produtos de limpeza. Coloque o tecido em uma panela com leite e acenda o fogo até ferver. Ao desligá-lo, mantenha a roupa, ou o item em questão, de molho por um curto tempo. Em seguida, faça a lavagem. 

Esfregar vinagre branco (uma parte para três de água morna) e lavar é uma opção que também pode surtir o resultado – isto depende do tipo de bebida e material.

Há ainda a possibilidade de fazer a remoção com água oxigenada, mas não é recomendado para tecidos coloridos. Misture com um pouco de água (se quiser, vale acrescentar detergente). Espere um par de minutos, coloque o tecido de molho e, por fim, lave-o com água fria. 

CANETA MÁGICA

Em lojas de cosméticos, é possível achar uma caneta removedora de manchas (conhecida como “caneta mágica). Ela serve não só para afastar sujeira provocada por vinho como por café, refrigerante e maquiagem, por exemplo.

Caso vá utilizá-la (no caso de manchas ainda frescas), absorva primeiro o excesso de líquido com um pano e depois pressione a caneta sobre o tecido. “Rabisque” até o sumiço completo da marca residual. 

Remover manchas de vinho já secas 

Vinho tinto dá mais trabalho para remover (FOTO: Reprodução)

O vinho mais danoso para tecidos é o tinto. Os menos encorpados e brancos dão bem menos trabalho. Caso a mancha tenha secado, ou esteja presente há um bom tempo, a remoção demandará paciência e cuidados. 

Neste caso, recorra a alvejantes sem cloro. Eles não desbotam tecidos, são bem menos agressivos se comparados com os que misturam cloro em sua composição. Não há restrição de uso, serve tanto para tecidos brancos quanto coloridos. 

Outra tentativa válida é misturar água com amoníaco em cima da mancha, esfregando-a com uma escova. Em seguida, lave o tecido. 

Gostou das dicas? Se acontecer um acidente desses, não se desespere, há solução!

Comentários

comentários

Close