.

Hand holding a bottle of red wine, label of Brazil, isolated on white,

Gostei do que li recentemente no site da Exame  e também no R7 –  uma matéria interessante que dizia que nem a crise está fazendo com que os brasileiros deixem de beber vinho. Na verdade, o post publicado foi produzido pela agência internacional de notícias EFE com dados do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e mostram que o consumo de vinho no Brasil aumentou 4,6% no primeiro semestre de 2015 se comparado ao mesmo período de 2014. O Instituto inclusive comemora porque é um crescimento que acontece em um momento em que a economia do país não vai bem e que as famílias reduziram suas compras em 0,9% no primeiro trimestre.

De acordo com informações do Ibravin, os vinhos, espumantes e demais produtos derivados da uva registraram um crescimento de consumo, no qual se destaca o vinho tinto, com um aumento de 4,6%, que chegou aos 9,1 milhões de litros. No caso dos espumantes, o aumento foi de  22,7%, até os 4,9 milhões de litros.

images (5)

A matéria mostra também que a forte desvalorização do real frente ao dólar prejudicou as importações e gerou uma queda de 1,9% dos vinhos importados pelo Brasil no primeiro semestre. Claro que essa crise é algo péssimo para nós brasileiros, mas, no meu ponto de vista, vale a pena destacar que o aumento do consumo dos vinhos nacionais (e a consequente valorização desses produtos que estão cada dia melhores) é pelo menos um aspecto positivo dessa triste conjuntura que estamos vivendo.

Veja a notícia na íntegra

http://exame.abril.com.br/economia/noticias/apesar-da-crise-brasileiros-estao-consumindo-mais-vinho

http://noticias.r7.com/economia/apesar-da-crise-economica-brasileiros-estao-consumindo-mais-vinho-01082015

 

Comentários

comentários

Close