.
Saudades de comer nesse restaurante maravilhoso!
Saudades do Restaurante Azafrán: cozinha pensada para acompanhar o vinho com sabores e aromas.

Hoje me bateu uma saudade enorme de Mendoza (Argentina) e olha que nem faz tanto tempo assim que estive por lá (relembre aqui). Na verdade, fui rever algumas fotografias e me deparei com algumas que tirei durante um almoço inesquecível no restaurante Azafrán, que fica bem no Centro da cidade…Nossa! Que almoço.

Azafrán - cozinha pensada para acompanhar o vinho com sabores e aromas.
Restaurante Azafrán: “Comida imaginativa, fresca, relaxada e eclética”, segundo o The New York Times

Eu já conhecia o Restaurante Azafrán “de fama”. Alguns dos amigos que estiveram por lá já haviam me dito que era um dos melhores restaurantes de Mendoza e que eu não poderia deixar de conhecê-lo. Além disso, eu tinha lido no próprio site do restaurante essas aspas do The New York Times:  “Napa Valley da Argentina. Este encantador restaurante é uma excelente opção em Mendoza com uma comida imaginativa, fresca, relaxada e eclética”. Resultado: conclui, definitivamente, que não havia como visitar a cidade sem conhecer seu mais badalado restaurante. Fui!

IMG_4896
Ambiente aconchegante, comida fusion e muitas outras peculiaridades.

Sem carta de vinhos convencional – Além de bem aconchegante (ambiente de velho armazém rodeado de especiarias e requintadas iguarias) e especializado em comida fusion (resultado da globalização, da troca de experiências entre culturas e da mistura de técnicas e ingredientes),vi  no Azafrán outras peculiariades que me atraíram. Por exemplo, lá não existe uma carta de vinhos convencional e no próprio cardápio já é possível encontrar a seguinte informação: “Preferimos que os vinhos estejam em uma cave e não em uma carta”. Interessante, né? Pois é, na prática, ao invés de os clientes escolherem os vinhos mediante as informações do papel, eles podem eleger a bebida diretamente na ampla adega climatizada e variada instalada no local.

Preferimos que os vinhos estejam em uma cave e não em uma carta: esse é o lema do Azafrán
“Preferimos que os vinhos estejam em uma cave e não em uma carta”: esse é o lema do Restaurante Azafrán

Sem dúvidas – Para ajudar na escolha, um sommelier fica à disposição dos clientes. Agora atenção: não adianta procurar por vinhos de outras nacionalidades. Por ali, você só vai encontrar vinhos argentinos. Ponto positivo para quem quer valorizar o produto do próprio país!

Um sommelier fica à disposição para auxiliar os clientes na hora da escolha.
Um sommelier fica à disposição para auxiliar os clientes na hora da escolha.

Opção interssante – existe uma mesa dentro da própria cave e os clientes que quiserem almoçar ou jantar ali mesmo – entre os vinhos – podem fazê-lo, desde que reservem o espaço com antecedência e não se incomodem em curtir um friozinho de 16º.

Opção: há também a possibilidade de almoçar no meio da adega
Opção interessante: há também a possibilidade de almoçar no meio da adega do Restaurante Azafrán

Minha escolha – Com tanta opção de vinho, confesso que fiquei um pouco perdida. Mas segui a sugestão do sommelier da casa e saí da cave com um Mayacaba da Mi Terruno: o vinho harmonizou perfeitamente com todos os pratos (principalmente com os principais). Um malbec 100% com muita fruta vermelha e negra e algumas notas de especiarias, especialmente pimenta e baunilha. Sem dúvida, uma bebida complexa, intensa, de final persistente e de taninos macios. Excelente vinho!

Mayacaba Malbec 2008: vinho complexo, persistente e intenso que harmonizou com os pratos da refeição.
Mayacaba Malbec 2008: vinho complexo, persistente e intenso que harmonizou muito bem com os pratos da refeição.

Comida de chef renomado – A comida no restaurante Azafrán não é barata, mas é tão perfeita e tão bem elaborada que compensa. O chef responsável pelas deliciosas iguarias é o super atencioso e conceituado Pablo Ranea, que entre a preparação de um e outro prato faz questão de visitar cada mesa e ouvir a opinião dos clientes. Tive o prazer de conhecê-lo durante a visita ao local. Oportunidade em que me informei um pouco sobre seus projetos pessoais, como seu interessante blog chefpabloranea.blogspot.com.ar e sobre o projeto “Pop art” que desenvolve na Argentina e nos Estados Unidos, levando a alta culinária a residências e a empresas.  Muito interessante!

IMG_4912
No Azafrán tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o respeitado Chef Pablo Ranea (centro). À esq. Guilherme Penchel (meu marido e fotógrafo do blog)

Pratos apreciados – Bem, mas agora vamos aos pratos. O cardápio do restaurante é tão interessante que a gente não sabe o que pedir, então, resolvi acatar as sugestões do chef Pablo Ranea. A palavra “Perfeição” foi a escolhida para caracterizar cada um dos itens que foram servidos. Confiram abaixo: (Atenção: os preços estão em pesos argentinos e tudo foi apreciado por mim e por meu marido Guilherme Penchel, que também é fotógrafo do Blog).

Entrada: Duo de empanadas de pato com figos ao Malbec ($105)

IMG_3135
Duo de empanadas de pato com figos ao Malbec (Pato e Malbec…hummm…delícia!)

Pratos principais: o meu foi o atum vermelho acompanhado de purê de pistache e marmelada de tomate e shitake ($260). O do Guilherme foi o Filé em massa, queijo azul, purê de batatas e mel, coulis de pimentão vermelho assado ($195). Confesso que provei os dois…Um melhor do que o outro!!!

IMG_4886
Em princípio desconfiei da harmonização do Malbec com o atum vermelho, mas confesso que casamento melhor não poderia ter ocorrido!
IMG_4891
Esse filé em massa estava simplesmente um espetáculo. A carne ficou ótima com o Malbec.

Sobremesas: Vulcão de doce de leite, sobremesa divina. Fiz até um videozinho e postei no instagram do blog mostrando o doce de leite “explodindo da massa” ($88). Também teve a sensacional Pavlova com mousse de maracujá ($75).

IMG_4922
Vulcão de doce de leite – uma literal explosão de sabor!!!
Pavlova com mousse de maracujá: precisa dizer alguma coisa???!!!!
Pavlova com mousse de maracujá: precisa dizer alguma coisa???!!!!

Self – Uffaaa!!!! Depois de tudo, uma pausa para um brinde especial e um self do casal…

Pausa para o self
Pausa para o self do casal e um brinde pelo almoço especial

Como não sentir saudades – Agora me diz, como ver as fotografias e não sentir saudades de um lugar desses????!!!!

Opção Econômica – Uma opção para quem não quer gastar muito é o menu especial servido na hora do almoço – com entrada, prato principal, sobremesa e uma taça de vinho – que custa $175 por pessoa. O Restaurante Azafrán fica na Sarmiento 765. É necessário fazer reservas com antecedência pelo site ou telefone.

Mais fotos: Clique aqui.

nossa mendoza 3

 

Comentários

comentários

Close