.
Frederico Benjamim
Frederico Benjamim ao receber o prêmio Melhor Sommelier de vinhos do Alentejo no Brasil, ao lado de Alexandre Lalas (Revista de Vinhos), Francisco Mateus (Comissão Vitivinícola Regional Alentejana -CVRA) e Guilherme Corrêa (Revista de Vinhos)

Muitos conhecem o sommelier Frederico Benjamim pelo título de “Melhor Sommelier de vinhos do Alentejo no Brasil” conquistado em 2018 (Relembre aqui), mas a sua relação com o vinho começou bem antes, no ano de 2005, quando tinha apenas 19 anos de idade e já se impressionava com o fato de cada rótulo poder expressar, de forma diferente, uma região do mundo! De lá pra cá, de curioso e apaixonado pelo vinho, Frederico Benjamim, conhecido carinhosamente como Fred, tornou-se um profissional dedicado e respeitado, com mais de 12 anos de experiência na área.

Frederico Benjamim

O começo na Argentina

Em 2007, após se formar em Relações Internacionais, Frederico teve a oportunidade de morar em Mendonza na Argentina. Foi quando, inspirado por amigos – entre eles os então estudantes de Enologia Michel e Bruno Motter, (este último, hoje, proprietário da vinícola Don Guerino) – especializou-se na área. Primeiro como Sommelier Internacional da Escola Argentina de Sommeliers / CETT e depois com um título de MBA em Gerenciamento Estratégico de empresas vitivinícolas pela Universidad Juan Agustin Maza.

Frederico Benjamim

Experiência na Zuccardi

Um dos grandes destaques do currículo de Fred é a experiência de ter trabalhado na renomada Vinícola Familia Zuccardi. Nessa época, como revela saudoso, teve “a oportunidade de aprender fazendo!”. Foi sommelier da Casa del Visitante, restaurante da vinícola, onde era responsável pelo serviço de vinhos, gestão do estoque e também pela organização da sala de degustação para os turistas. Além disso, também trabalhou com as visitas guiadas na vinícola, onde explicava passo a passo o processo de produção do vinho – do vinhedo à garrafa.

.

Frederico Benjamim Família Zuccardi
Frederico Benjamim na Casa del Visitante – Familia Zuccardi

Ingresso na Porto a Porto

Além da Zuccardi, Frederico passou pela área de Marketing e Exportação de vinhos das vinícolas boutiques Lamadrid Estate Wines e Familia Durigutti – ambas argentinas. Também assessorou a vinícola Don Guerino na área de exportações para o Reino Unido, Suécia, Suíça Áustria e Estados Unidos. Em 2018, começou a trabalhar como sommelier da Importadora Porto a Porto em Brasilia, e atualmente é supervisor comercial no Distrito Federal, Goiás e Tocantis.   

Sommelier Frederico Benjamim

Currículo Atualizado

Embora seja bastante dedicado às atividades práticas e leve uma vida bastante corrida, típica da profissão, Frederico Benjamin não abre mão de sempre atualizar seu currículo e por isso integra hoje um seleto grupo de pessoas do Brasil a estudar o Diploma WSET – um dos cursos mais reconhecidos no mundo na área de Vinhos. Além disso, possui os títulos de Introductory Sommelier Course Court of Master Sommeliers e a especialização em vinhos franceses – French Wine Scholar (FWS). “Quando começamos no mundo do vinho não imaginamos que é um caminho sem volta e que, cada vez mais, queremos conhecer vinhos diferentes, regiões… enfim, aprender sempre!”, sintetiza.

Frederico Benjamim
Frederico Benjamim em visita aos vinhedos da Borgonha, na França

Conta gotas

Naturalidade: Brasilia
Idade: 34
Pessoas especiais: Mãe e Pai
Vinho inesquecível: São vários!
Brancos:

  • Bellavista Curtefranca Vigna Convento Santissima Annunciata 2013
  • Sílex Pouilly Fume 2010
  • Château Grillet 2010

Tintos:  

  • Château Corton Grancey Gran Cru 2010 do Domaine Louis Latour (degustado na adega do Château em Corton mudou meu paradigma sobre vinhos da Borgonha)
  • Podere Forte Petrucci Castiglione de Orcia 2006
  • Barolo Vignetto Campe Vursu La Spinetta 2007
  • Rippon Lake Wanaka Central Otago 2009
  • Capella 2007, David Abreu Vineyard, Napa Valley

Vinho do dia a dia: Quinta do Cachão  
Sonhos: Ter um projeto vitivinícola no Piemonte
Hobbies: Assistir meu Flamengo com a FlaWine
Livros: Ultimamente tenho lido livros focados nos meus estudos para o Diploma do WSET como o The Oxford companion to Wine da Jancis Robinson,  Natural Wine da Isabelle Legeron MW
Ídolo do mundo Enogastronômico: Jancis Robinson, Steven Spurrier
Talento: excelente Parrillero, adoro fazer churrasco estilo argentino
Viagem marcante: Viagem com meu amigo Giordano, alugamos um carro e passamos pela região de Champagne, Borgonha, Piemonte e Vale do Rhône. 
Cidade do coração. Brasilia
Gastronomia predileta: Churrasco
Recado para os amigos do vinho: “O melhor vinho é aquele que a gente gosta.”

Comentários

comentários

Close