.
Sommelier João Paulo

É difícil não notar o profissionalismo com o qual o sommelier João Paulo exerce suas funções no salão do Restaurante Gero Brasília, um dos mais conceituados da cidade. No entanto, ele acredita que parte do reconhecimento que recebe pelo seu trabalho é fruto do esforço de toda a equipe, que busca prestar o melhor serviço a partir do momento que o cliente entra no restaurante.

“Todos sabemos que nosso serviço é o grande diferencial e prezamos por isso, com atenção, simpatia e profissionalismo principalmente, pois o cliente que vai em um restaurante do Grupo Fasano busca por experiências desde sua chegada até sua partida. Todo esse trabalho, inclusive, foi recompensado e este ano foi a primeira vez que a carta do Gero ficou entre os top 3 na cidade! Fiquei bem feliz com o feito!”, revela o sommelier

Apesar de ter apenas 32 anos, já possui vasta experiência no mundo da enogastronomia, tendo iniciado sua carreira há 13 anos e se interessado por vinhos há 11 anos, quando ingressou no Grupo Fasano por meio do Restaurante Parigi em São Paulo.

“Eu já tenho um tempo de considerável de Fasano, meu primeiro emprego já foi em um restaurante do grupo. No dia a dia, a parte do serviço acaba se tornando normal pois a cultura do grupo já está bem divulgada não só para mim, mas para outros colaboradores que possuem mais tempo de casa”.

João Paulo na adega do Restaurante Gero em Brasília
Sommelier João Paulo na adega do Restaurante Gero Iguatemi em Brasília

Ele buscou unir a teoria e prática quando trabalhava no restaurante Parigi ao mesmo tempo em que ampliou sua formação profissional frequentando os cursos do SENAC/SP e obtendo o seu diploma de sommelier pela da Associação Brasileira de Sommelier de São Paulo – ABS/SP.

A procura pelo aprendizado e pelo novo é fator motivador para João Paulo e isso fica evidente quando ele afirma que gosta da vida de sommelier “em virtude dela não ser nada monótona e de ter a oportunidade de degustar diversos tipos de bebida diferentes”.

“Na minha opinião o maior desafio que o sommelier tem hoje em dia no Brasil é apresentar vinhos de boa qualidade e bom preço em uma carta”.

E uma grande experiência que o mundo do vinho proporcionou foi a viagem que fez em 2014 para a região de Champagne na França, quando ele teve a oportunidade de conhecer os vinhedos na época da colheita!

“Visitar vinhedos em Champagne na época da colheita em 2014 foi algo surreal. Tenho as imagens até hoje na cabeça.”

Como ele está sempre se aperfeiçoando, o seu próximo projeto é terminar a pós graduação em Gestão da Experiência do Consumidor pela Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM.

Corta gotas

Naturalidade: Suzano/SP

Idade: 32 anos

Pessoas especiais: Família!

Vinho inesquecível:  Arbois Pupillin 2009 e Maison Pierre Overnoy

Vinho do dia a dia: Compadre Malbec – Syrah 2018 (Zuccardi/Fasano)

Sonhos: Estudar na França

Hobbies: Cinema e restaurante

Livros: Empreendedorismo para Subversivos: Um guia para abrir o seu negócio no pós capitalismo (Facundo Guerra)

Ídolo do mundo Enogastronômico: Rogério Fasano, pois eu realmente admiro o império que ele construiu com a sua marca, e Manoel Beato

Talento: Conversador, falo mais que a boca.

Viagem marcante: Quando fui estudar em Lyon em 2013, primeira viagem sozinho para outro país, sinto falta da cidade até hoje.

Cidade do coração: Suzano e São Paulo.

Mania: Dormir bem tarde, pesquisar novas músicas no Spotify

Gastronomia predileta: Feijoada

Recado para os amigos do vinho: O mundo do vinho é enorme! Esteja sempre aberto a novidades, faça amizades em degustações, aproveite os momentos com os amigos mesmo se o vinho for um reservado e não se prenda a rótulos!

Close