.
International Awards Virtus gold

Não é uma tarefa fácil conquistar um prêmio internacional. Em Portugal, país com tradição na elaboração de grandes vinhos, é algo ainda mais difícil. Ganhar uma competição lá apresentando vinhos brasileiros elaborados com a Touriga Nacional, casta mais emblemática portuguesa, é uma tarefa quase impossível. Então não é pouco o que a Miolo fez em Portugal para conseguir a medalha de ouro em concurso chancelado pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho – OIV com o Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017 no International Awards Virtus. Vale ressaltar que concursos com a chancela da OIV atraem produtos de ótima qualidade e acirram ainda mais as competições.

Realizado em Lisboa, entre os dias 23 a 25 de março, o International Awards Virtus reuniu um júri internacional formado por 40 especialistas de sete países que avaliou 462 amostras da Alemanha, Brasil, Chile, China, Espanha, França, Itália, Portugal e Uruguai. O Brasil esteve representado neste concurso pelo enólogo da Miolo, Gilberto Simonaggio, também diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE).

“O fato de ganharmos Ouro com o Touriga Nacional em Portugal – na sua terra de origem -,  valida ainda mais todo o trabalho que vem sendo construído há 19 anos no projeto Seival na Campanha Meridional”, comemora Adriano Miolo, superintendente da Miolo.

O Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017 recebeu 93 pontos no Guia Descorchados 2018, o principal guia de vinhos da América do Sul, e na edição deste ano a safra 2018 acaba de receber 91 pontos. Os mesmos 91 pontos foram recebidos pelo chileno Guia Catad’or. Para se chegar a este exemplar, a Miolo testou mais de vinte variedades portuguesas no vinhedo do Seival, onde apenas três prosperaram com resultados espetaculares: a Touriga Nacional, a Tinta Roriz e Alvarinho, castas que compõem vários vinhos elaborados neste projeto.

O vinho

Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017

O Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017 expressa o terroir da Campanha Meridional. Sua coloração violeta, o perfume e sabor encantou a equipe técnica da Miolo. A análise sensorial mostra um vinho de coloração vermelho-violáceo profunda. No nariz, a tipicidade da Touriga Nacional com florais que invadem de princípio ao fim. As notas de carvalho aparecem complexadas, respeitando a flor e fruta característica da uva. O vinho é untuoso, de média a alta estrutura e muito equilibrado, pois apresenta bom volume de boca e acidez refrescante.

Comentários

comentários

Close