.
Veroni - Vinho
Veroni: vinho diferente para ser bebido gelado – Foto: Claudio Cabrito

Já tinha lido muita coisa sobre o Veroni e até noticiado algo aqui no Blog quando da sua chegada em Brasília (relembre aqui), mas até então não tinha tido a oportunidade de experimentá-lo. Gente, agora posso dar o meu depoimento: Adorei a bebida! Trata-se, na verdade, de um vinho bem diferente que deve ser bebido gelado ou com pedras de gelo, e tem como proposta ser refrescante e despojado. No meu ponto de vista, é uma bebida muito recomendada para festas informais e momentos à beira da piscina ou praia. Também pega super bem se for apreciada nos finais das tardes – nesse caso sendo perfeito para tirar fotos lindas, uma vez que o rótulo do Veroni lembra um por do sol estilizado! Muito lindo, por sinal.

Um outro dado bem interessante sobre o Veroni é que ele é um vinho rosé feito a partir de um corte de uvas pouco convencional, mas ideal para a proposta. Ele une as tintas Syrah e Merlot, que dão cor, estrutura e aromas de frutas vermelhas ao vinho, com a branca Sauvignon Blanc, que confere muita refrescância e acidez à bebida.

Vinho Vegano

Esse vinho é feito no Vale Central do Chile pela Antawarra e tem uma pegada altamente sustentável. Ele é produzido de maneira vegana uma vez que não leva, em seu processo de fabricação, nenhum produto de origem animal. Nem mesmo a clara de ovo, tão comum na clarificação dos vinhos, é utilizada. Para clarificar suas bebidas, a vinícola utiliza carvão vegetal.

Veroni
A vinícola produtora do Veroni integra o Fairtrade International

Outro curiosidade interessante é que a Antawarra, vinícola produtora do Veroni, integra o Fairtrade International, organização que busca proporcionar melhores condições de trabalho e acordos mais justos para produtores de países em desenvolvimento. Parte de seus colaboradores são refugiados e imigrantes, formalizados e contratados com os mesmos direitos de qualquer chileno.

Comentários

comentários

Close