.
Linha Matias Ricitelli - agora em Brasília na Adega Almeida (710/11Norte)
Linha Matias Ricitelli – agora em Brasília na Adega Almeida (710/11Norte)
Degustação de vinhos na Adega Almeida - oportunidade para conhecer a linha Matias Riccitelli
Degustação de vinhos na Adega Almeida – oportunidade para conhecer a linha Matias Riccitelli

Os vinhos argentinos Matias Riccitelli, sucesso em Buenos Aires e São Paulo, agora chegam a Brasília. Importados pela Winebrands  são vendidos exclusivamente pela Adega Almeida (710/11 Norte), onde tive a oportunidade de degustá-los. A Matias Riccitelli é uma jovem vinícola de Mendonza, de propriedade do enólogo Matias Riccitelli, filho do prestigiado enólogo da vinícola Norton, Jorge Riccitelli.

Irreverência e modernidade - características marcantes desse vinho já identificadas no nome
Irreverência e modernidade – características marcantes desse vinho já identificadas no nome

The Apple Doesn´t Fall Far From The Tree, Malbec 2012. Sem dúvida, é um vinho irreverente, que já chama atenção pelo nome, cujo significado em português é: “A maçã não cai longe da árvore”, uma alusão à história da família Riccitelli que sempre trabalhou com vinhos e quer dizer literalmente que “filho de peixe, peixinho é!”. Um vinho, moderno, frutado, vibrante com bastante acidez e taninos bem macios. Impossível não destacar o finalzinho levemente adocicado, o que, certamente, agrada a muitos brasileiros. É um vinho que vai muito bem com carnes grelhadas ou massas com molhos de tomate, em razão da sua acidez. Ganhou pontuação 90 do Robert Parker e 94 no Guia Descorchados. Infelizmente, o preço do vinho é relativamente alto (R$92), mas pela irreverência, vale! Todo mundo que participou da degustação fez elogios ao vinho.

É um corte dos melhores malbecs das melhores parcelas dos três vinhedos da família Riccitelli
É um corte dos melhores malbecs das mais destacadas parcelas dos três vinhedos da família Riccitelli

Vineyard Selection – O Vineyard Selection foi o primeiro vinho produzido pela Riccitelli Wines. É um corte dos melhores malbecs das mais destacadas parcelas dos três vinhedos da família Riccitelli. Sem dúvida, intenso e com personalidade, mas achei seus taninos ainda rascantes e também senti mais presença  em boca do que no nariz, indicando que paciência é a palavra adequada para quem comprar esse vinho. Ou seja, quem comprá-lo agora deverá esperar ainda um pouquinho para apreciá-lo e desfrutar de toda sua complexidade, de preferência, de forma bem cautelosa após servi-lo na taça. Esse vinho recebeu 91 pontos do Robert Parker e está sendo vendido por R$158.

republica
Indicado para presentear pessoas especiais ou para ser aberto em ocasiões comemorativas e ao lado de pessoas muito queridas.

Destaque da noite :Republica Del Malbec  2012 – Vinho de produção limitadas – apenas 6 mil garrafas, todas numeradas. É comercializado como a “máxima expressão da malbec”. Sua ficha técnica diz que é um vinho equilibrado e elegante de taninos delicados e aveludados. E, realmente, não há como discordar. O vinho é perfeito! Me agradou muitíssimo. É um vinho bem intenso, mas é extremamente elegante. Acredito que pelo  estágio de  18 mese em carvalho francês. Esse vinho já ganhou a Medalha de Ouro no Decanter World Wine Awards 2014 e obteve 92 pontos na avaliação de Robert Parker. Atualmente está sendo comercializado por R$210 – Confesso que gostaria que fosse mais barato para poder apreciá-lo com mais frequência. Mas, por ser um vinho com um preço mais elevado, é sem dúvida, indicado, para presentear pessoas especiais ou para ser aberto em ocasiões comemorativas e ao lado de  pessoas muito queridas.

Veja as fotos do evento clicando aqui e também no Flickr.

Comentários

comentários

Close