.
O Bardega é local apropriado para colocar em prática os conhecimentos sobre vinho adquiridos na teoria
A convite da Assessoria de Imprensa do Bardega (SP), visitei o Wine Bar. Além do número, a quantidade e a variedade de rótulos me chamaram muita a atenção.

Que tal um Chablis 1er Cru de aperitivo, um conceituado Douro para harmonizar com o prato principal e um Chateau d’Yquem de sobremesa? Gostou? Pois é, esses foram os vinhos que escolhi para acompanhar o almoço quando visitei (a convite) o Bardega, em São Paulo. Em um restaurante comum, somente as garrafas dos três vinhos selecionados sairiam por, no mínimo, uns R$2500. Mas, como  no Bardega os vinhos são servidos por doses e nas taças, a minha escolha ficou por pouco mais de R$130 – e repare que entre os eleitos estava, nada mais nada menos, que o vinho branco de sobremesa mais cobiçado do mundo.

foto (25)
Fachada do Bardega

Diferencial – É verdade que os winebars já não são novidade em cidades como São Paulo. O próprio Bardega já funciona desde 2012. Mas, seu grande diferencial é que, além de bem localizado (fica no Itaim Bibi) e aconchegante, possui o status de ser o maior Wine Bar do Brasil e de possuir a mais ampla oferta de vinhos em máquina de toda a América Latina: são 96 rótulos dispostos em 12 enomatics (que garantem a qualidade dos vinhos mesmo depois de abertos). Além disso, um outro fato que me chamou muita atenção foi a qualidade e a diversidade dos rótulos disponíveis. Eu que ainda não conhecia o Bardega, me entusiasmei com os nomes de peso estampados em muitas das garrafas dos vinhos vendidos em dose.

“CENTRO PRÁTICO DE INVESTIGAÇÃO ENOLÓGICA”

Mais parece um Centro Prático de investigação Enológica dada a variedade de vinhos disponíveis - são mais de 12 máquinas com 110 rótulos
Mais parece um Centro Prático de investigação Enológica dada a variedade de vinhos disponíveis – são mais de 12 máquinas com 110 rótulos no Bardega

Pra mim, o espaço é singular; eu diria tratar-se de um “Centro Prático de investigação Enológica” dada a variedade de vinhos disponíveis para serem degustados, apreciados e comparados – somente dos tintos há 48 rótulos do Velho Mundo e 24 do Novo Mundo, disponíveis em doses de 30, 60 ou 120ml. Além disso, ainda há os espumantes nas champanheiras: são 15 opções, dentre os mais badalados champanhes, cavas e proseccos do planeta. Definitivamente, não há como não aproveitar o local para tentar aplicar na prática os conhecimentos adquiridos na teoria.

o prestativo Gabriel Raele, que me recebeu muito bem durante minha visita ao Bardega e me explicou com detalhes o funcionamento da Casa
Não há como não aproveitar o Bardega para tentar aplicar na prática os conhecimentos adquiridos na teoria.
Para completar a carta, existe a opção das taças de espumantes. Mais de 15, dentre champanhes, cavas e prosecos renomados.
Para completar a carta do Bardega  existe a opção das taças de espumantes. Mais de 15, dentre champanhes, cavas e proseccos renomados.

SOMMELIERS TOP

Mesmo com as informações disponíveis nos displays das máquinas, no Bardega são quatro os sommeliers responsáveis a ajudarem os clientes na hora da seleção dos vinhos e da utilização das enomaticsAldo Assada, eleito sommelier do ano em 2013 pela Prazeres da Mesa, é o coordenador da equipe, composta pelo prestativo Gabriel Raele, que me recebeu muito bem no local, pelo Alexandre Aleluia e por Ricardo Barros. É de Aldo, também, a tarefa de negociar e escolher novos rótulos para a Casa, mas é de todos eles a responsabilidade de provar e aprovar os rótulos antes de inseri-los nas máquinas. A ideia é garantir que os clientes não encontrem nenhum vinho com defeito nas taças.

Aldo Assada foi eleito pela revista Prazeres da Mesa o melhor sommelier de 2013. Ele é o coordenador da equipe de sommeliers da Casa e é dele também a responsabilidade de negociar e escolher os novos rótulos.
Aldo Assada foi eleito pela revista Prazeres da Mesa o melhor sommelier de 2013. Ele é o coordenador da equipe de sommeliers da Casa e é dele também a responsabilidade de negociar e escolher os novos rótulos.
Informações disponíveis nos displays facilitam a escolha dos vinhos pelos clientes
Informações disponíveis nos displays facilitam a escolha dos vinhos pelos clientes.
O prestativo sommelier Gabriel xxxx (ao fundo) sempre a postos para indicar um vinho ao cliente ou ensinar a manusear as enomatics
O prestativo sommelier Gabriel Raele (ao fundo) sempre a postos para indicar um vinho ao cliente ou para ensinar a manusear as enomatics

VARIEDADE E QUALIDADE

Eu quase enlouqueci com tanta variedade e vinhos de qualidade. São 111 rótulos disponíveis ao todo, 15 espumantes, 72 tintos, 16 brancos, dois rosés, três fortificados e três late haverst. Dentre os tintos mais disputados do Novo Mundo estão à venda em doses o badalado chileno Alma Viva, o cultuado argentino Nicolas Catena Zapata, que ganhou 98 pontos de Robert Parker, e até mesmo o famoso californiano Insignia de Joseph Phelps. Entre os brancos, os destaques são o lendário Chateau Montelena da Califórnia e o fresco e ácido Sauvignon Blanc Neudorf da Nova Zelândia. Com relação ao Velho Mundo vários vinhos despontam. Entre eles, o maravilhoso Donnhoff Riesling Kabinnet do Nahe e Barbaresco Pio Cesare e, pasmem, no Bardega também é possível fazer uma inesquecível degustação vertical dos Bordeaux Bad Boy do garagista Jean-Luc Thunevin (essa, inclusive, vai ficar para minha próxima visita ao local).

IMG_3635
Entre os tintos mais disputados do Novo Mundo disponíveis em taça estão o badalado chileno Alma Viva e o cultuado argentino Nicolas Catena Zapata, que ganhou 98 pontos de Robert Parker.
...ou se aventurar por uma inesquecível degustação vertical dos Bordeaux Bad Boy do garagista Jean-Luc Thunevin.
No Bardega é possivel fazer uma inesquecível degustação vertical dos Bordeaux Bad Boy do garagista Jean-Luc Thunevin.

VINHOS PARA TODOS OS BOLSOS

Se a intenção é conhecer vinhos de várias uvas, países ou estilos de forma despretensiosa, o local oferece doses a partir de R$4. Agora, se a ideia é variar pouco é aconselhável escolher doses de 120ml, que giram em torno de R$20 a R$50. Essas doses sempre saem com um desconto maior do que as de 30ml e as de 60ml e acabam sendo mais vantajosas também para quem quer gastar menos.

Doses de 30ml e de 60ml respectivamente
Doses de 30ml e de 60ml respectivamente: recomendadas para quem quer variar o estilo do vinho
A dose de 120ml acaba sendo a opção mais econômica - tem um desconto maior que as doses de 30ml e de 60ml
A dose de 120ml acaba sendo a opção mais econômica – tem um desconto maior que as doses de 30ml e de 60ml

OPORTUNIDADE DE HARMONIZAR

O cardápio da casa, elaborado pelo Chef Daniel Martins, é bastante variado e repleto de comidinhas interessantes para acompanhar os vinhos. Existem também menus especiais (a R$29, R$39 e R$49), com entrada, prato principal e sobremesa que são um verdadeiro convite para brincar de harmonização.

A taça do Chablis 1er Cru Mont de Milieu (R$11 a dose de 30ml) acompanhou muito bem a entrada do meu menu:  lagostim, bacon artesanal e feijão branco.
O Chablis 1er Cru Mont de Millieu (R$11 a dose de 30ml) acompanhou muito bem a entrada:  lagostim, bacon artesanal e feijão branco.
A taça do maravilhoso Douro Pintas Character (R$22 a taça de 30ml) ficou perfeita com esse entrecôte de Angus com purê de batata roxa e cebola confit.
O maravilhoso Douro Pintas Character (R$22 a taça de 30ml) também ficou perfeito com esse entrecôte de Angus com purê de batata roxa e cebola confit. 

LOCAL PARA DESCOBRIR TESOUROS

Eu não poderia deixar de dar um destaque especial para o Pintas Character do Douro (R$22 a taça de 30ml). Fiquei simplesmente encantada com esse vinho que ainda não conhecia. Foi uma indicação do sommelier Gabriel Raele. Sabe violeta? Algo que a gente estuda muito nos aromas e sabores dos vinhos, mas que é muito raro encontrar na prática. Pois é.  Esse vinho é violeta pura. É simplesmente encantador. Recomendo a degustação. É do tipo que só uma taça é pouco. Esse é daqueles que vale a garrafa inteira!

pintas
Pintas Character – frutas negras e violeta pura

COMPARANDO INCOMPARÁVEIS

IMG_3770
Degustando os supertoscanos “Aias”

Durante a visita, também tive a oportunidade de degustar três dos mais incríveis supertoscanos: Ornellaia, Sassicaia e Solaia. Sem dúvida, uma incrível experiência didática. A garrafa de cada um desses vinhos gira em torno de R$1500. No Bardega foi possível degustá-los por R$63,30 (média) cada dose de 30ml. Por serem de colheitas recentes (2009 e 2010), os vinhos estavam muito jovens ainda, mas para os amantes de “investigação enológica prática”, como eu, comparar vinhos “incomparáveis” é  algo sempre muito recomendável.

IMG_3764
Comparar os “incomparáveis”: experiência didática recomendável

OPORTUNIDADE DE BEBER “LUZ ENGARRAFADA” PELA PRIMEIRA VEZ

Para encerrar a visita com chave de ouro, uma taça de um dos mais desejados vinhos que existe: Chateau d´Yquem.  É o mais famoso vinho branco de sobremesa do mundo produzido em Sauternes (França) a partir de uvas Sauvignon Blanc e Semillon desidratadas pelo fungo (botrytis cinerea) que confere ao vinho níveis de acidez e açúcar excepcionais.  Para os enófilos de carteirinha experimentar um Chateau d´Yquem, um vinho que pode envelhecer até cem anos, é ocasião rara e imperdível. No Bardega, a taça de 30ml sai a R$96 e foi lá que degustei o d’Yquem pela primeira vez. Fiquei em êxtase. Minhas notas:  frutas cítricas, damasco, mel, flores e muito mais. Aspecto visual: “Luz engarrafada” –  como muito bem registrado pelos já inúmeros admiradores dessa bebida há séculos atrás…

IMG_3632
Frutas cítricas, damasco, mel, flores e…”luz engarrafada”.

MAIS FOTOS – Veja mais fotos da visita no Facebook do Blog. Acesse aqui.

DICA ÚTIL O Bardega fica na Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218 Itaim Bibi – São Paulo, SP. Abre no almoço de segunda a sábado, das 11h30 às 14h30. À noite funciona de terça a sábado das 18h30 à 1h. Os contatos do local são: (11) 2691 7578 (11) 2691 7579 contato@bardega.com.br

Comentários

comentários

Close