.
IMG_0836
Buena Vista Winery: Vinícola Premium mais antiga da Califórnia

Conhecer a Buena Vista Winery foi uma oportunidade única para aprender sobre Sonoma e também saber mais sobre a história dos vinhos na Califórnia. Essa vinícola, fundada em 1857, muito antes do Napa Valley ou de Sonoma se tornarem conhecidas pela excelência em produção vitivinífera foi a primeira a produzir vinhos finos na região.

IMG_8249
Palavras de boas-vindas de Jean Charles Boisset – atual proprietário da Buena Vista Winery

Seu proprietário atualmente é Jean Charles Boisset (reconhecido pela Decanter Magazine como uma das 24 pessoas mais influentes no mundo do vinho), mas o idealizador e fundador  da vinícola foi o excêntrico húngaro Agoston Harasthy (autointitulado “Conde de Buena Vista”), que sempre acreditou no potencial da Califórnia para produção e comercialização de vinhos. Foi ele também que incentivou os diversos vizinhos agricultores a utilizarem métodos europeus de cultivo e vinificação. Agoston Harasthy é tido como o “pai dos vinhos da Califórnia” e “pai da vinificação moderna” e minha surpresa foi enorme ao conhecê-lo “pessoalmente” (rsrsrsrs)…

IMG_0859
Agoston Harasthy: húngaro fundador da Buena Vista é reconhecido como o “pai dos vinhos da Califórnia”

…E não é que ele até gravou um recadinho pro Blog Vinho Tinto, veja:

Na verdade, quem me recebeu foi um “ator-guia” que simulou ser o próprio “Conde de Buena Vista”: um barato! Isso faz parte do “Historical Wine Tour” – um dos tours oferecidos pela vinícola.  Achei a ideia simplesmente fantástica e diferenciada. Parecia que eu estava naqueles parques da Disney (MGM), sabe? Tudo muito bem caracterizado e conduzido. Tive realmente a sensação de ter conhecido pessoalmente Agoston Harasthy. Dá uma olhadinha nesse vídeo release da Buena Vista – ele reflete bem o espírito lúdico das visitas que desejam proporcionar aos turistas:

Alto estilo – Assim que cheguei ao local fui conduzida primeiramente para a sala de degustações onde fui recepcionada com um bela taça de champagne Buena Vista. Champagne mesmo, gente! Produzido na respectiva região francesa com uvas de vinhedos Grand Cru em Bouzi, Ambonnay e Louvois. 70% Pinot Noir e 30% Chardonnay. Refrescante e ao mesmo tempo marcado por notas intensas de leveduras: um luxo que leva o nome da vinícola e que também é comercializado no local.

IMG_8328
Pose na sala de degustações da Buena Vista Winery
Autêntico champagne Buena Vista para começar a visita.

Cave mais antiga da Califórnia – Depois de ouvir algumas histórias contadas por “Harasthy” na sala de degustações, começou o passeio de cerca de 90 minutos por toda a  vinícola. Tive a oportunidade de conhecer a sala de barricas, localizada na cave de vinhos mais antigas da Califórnia, onde é possível observar nitidamente as marcas das picaretas utilizadas em sua construção. O local ficou intacto até mesmo depois do terremoto de 1906, o maior de todos os tempos nos Estados Unidos. Nessa cave podem ser apreciados os vinhos “Grand Reserva“, que são retirados diretamente das barricas.

IMG_8289
Cave de vinhos mais antiga da Califórnia: resistiu até o terremoto de 1906

Furmint – Em seguida,  dei uma voltinha pelo “quintal” da vinícola e pude conhecer os vinhedos queridinhos de Agoston Harasthy,  onde é cultivada a cepa branca Furmint, original da Hungria, aquela que produz o maravilhoso e inesquecível vinho húngaro de sobremesa Tokaji. A vinícola está trabalhando na produção de um vinho de sobremesa com a respectiva uva, mas, por enquanto, está em fase de testes apenas.

IMG_8267
Passeio pelos vinhedos da branca Furmint: a grande uva húngara dos vinhos Tokaji

Detalhes do anfitrião -Por último, fui convidada a conhecer o “Bubble Saloon“, um espaço super vip e reservado para degustações especiais. Lá tive a oportunidade de conversar mais informalmente com Agoston Harasthy que me contou com detalhes sua chegada na América – quando trouxe mais de 300 variedades de uvas europeias -,  suas aventuras como xerife de San Diego, os problemas enfrentados com a filoxera, sua falência e também sua morte na Nicaraguá, quando foi devorado por crocodilos.

IMG_8284
No Bubble Saloon tive a oportunidade de conversar mais tempo com Harasthy e saber detalhes sobre sua vida

Degustação – Depois do agradável passeio fui conduzida para um local mais reservado por Rebecca Pilkington, Trade Coordinator da empresa, e comecei a degustar alguns dos grandes vinhos da vinícola.

IMG_8323
Rebecca Pilkington – Trade Coordinator da Buena Vista – além de me receber muito bem, explicou detalhadamente cada vinho degustado.

Seguem as minhas observações:

Sonoma Chardonnay 2011 e Sonoma Carneros 2013 – Esses foram os dois primeiros vinhos a serem servidos e foi muito legal poder compará-los na sequência. O primeiro Chardonnay é frutado e bastante fresco, com aromas e sabores de maçã verde e pêra. Na boca possui corpo médio. Já o segundo, da fria região de Carneros possui aromas de abacaxi, maçã e um leve defumado devido ao amadurecimento de oito meses em barricas de carvalho. É um Chardonnay cremoso, com final amanteigado, um típico Chardonnay de Carneros…

IMG_0903

2013 Sonoma Pinot Noir – Esse Pinot Noir da Buena Vista é bem saboroso: muitas frutas vermelhas e um toque especial de baunilha, que lembra muito coca-cola. Também tem um leve toque terroso e de ervas envelhecidas. Bem interessante. Os Pinot Noir aqui da Califórnia (diferentemente dos Pinots da Borgonha) não costumam envelhecer muito. Este aí, no caso, deve ser consumido em no máximo três anos.

FullSizeRender (40)

2013 Sonoma Zinfandel – Esse Zinfandel é produzido com uvas de diversos terroirs de Sonoma. Possui notas de morango misturadas com amoras e leve toque apimentado. Tem taninos estruturados e final de boca longo. Bem equilibrado.

FullSizeRender (41)

2012 – The Sheriff of Buena Vista – Um excelente blend da Buena Vista (Petit Sirah, Syrah, Petit Verdot, Cabernet Sauvignon e Grenache). A mistura resultou em um vinho bem aromático com notas intensas de frutas negras maduras. Apesar de ter 15% de álcool é incrivelmente equilibrado e possui persistência. Um detalhe interessante desse vinho é que todos os varietais foram envelhecidos separadamente antes de se realizar a mistura.

FullSizeRender (42)

Curiosidade – Até pouco tempo, a região de Sonoma County era ofuscada pelo conhecido Napa Valley. Hoje, no entanto, os vinhos de Sonoma competem de igual para igual. O local tem o dobro de tamanho do Napa e quase o mesmo número de vinícolas: 200. Em Sonoma há uma grande variedade de micro-climas, solos e elevações. As regiões mais frias desse local são mais propícias às Pinot Noir e Chardonnays; já as mais quentes são ideais para Zinfandel e Cabernet Sauvignon.

Sonoma: mais de 200 vinícolas
Sonoma: mais de 200 vinícolas e vinhos que competem de igual pra igual com os do Napa Valley

Boa notícia – As visitas à Buena Vista podem ser realizadas diariamente das 10h às 5h da tarde. Os preços variam de US$10 a US$100 dólares. As marcações podem ser feitas diretamente no site da empresa (clique aqui).  Quem não puder ir a Califórnia, mas tiver interesse nos vinhos da Buena Vista, uma boa notícia: eles são importados no Brasil pela Smart Buy Wines, que fez parceria com o Blog Vinho Tinto para a concretização da visita vip relatada nesse post. A empresa importa vários vinhos para o Brasil, mas o foco são os grandes vinhos da Califórnia. A Smart Buy brinca em suas campanhas que tem preço de contrabandista, então: aproveite!

14f3d6b
Smart Buy: foco nos vinhos da Califórnia

Confira mais fotos da visita clicando aqui.

 

 

Comentários

comentários

Close