.
Leilões online de vinhos no Superbid Marketplace
Leilões online de vinhos no Superbid Marketplace

Dia 28 de fevereiro, quinta-feira, é o último dia do leilão on-line de 231 lotes de vinhos tintos e champagnes. Os valores iniciais variam entre R$ 200 e R$ 60 mil. O leilão foi aberto no último dia 19 e para dar lances, é necessário se cadastrar em www.superbid.net (site organizador) e se habilitar no leilão Winebid. O leiloeiro oficial deste evento será Renato Moysés.

Entre os destaques do leilão está o Biondi Santi Brunello, de 2007, feito a partir de Sangiovese. O lance inicial é de R$ 1,3 mil. O Vega Sicilia Unico, de safra de 2006, que recebeu a pontuação máxima (100) pelo renomado James Suckling, e 98 pontos por Robert Parker (Wine Advocate) também está na lista dos vinhos cobiçados e terá lance inicial de R$ 1.850. Já o renomado francês Château D’Yquem 1959 poderá ser encontrado com lance inicial de R$ 8.250.

No leilão Winebid, os valores são mais acessíveis do que os praticados no mercado, sendo uma ótima oportunidade para donos de restaurante, colecionadores e apreciadores de vinho.

Sobre o Superbid

O Superbid, empresa com quase 20 anos de atuação no Brasil, se responsabiliza pela procedência de todos os produtos ofertados, bem como a origem e o detalhamento de cada item disponível na plataforma. Além disso, a empresa garante a seus parceiros (clientes e fornecedores), que todo o processo de venda respeite as normas de compliance e governança corporativa.

O Superbid Marketplace é uma empresa de tecnologia que provê uma plataforma com soluções e múltiplas modalidades de transações online, conectando compradores e vendedores com segurança e transparência. Em 19 anos de atuação, a empresa se destaca entre os setores industrial, agrícola, automotivo, rural, imobiliário e de bens de consumo, atendendo a mais de 4 mil empresas vendedoras da América Latina. Expandindo para além do Brasil desde 2006, o Superbid Marketplace também conta com escritórios próprios na Argentina, na Colômbia, no Peru e no Chile.

Fonte: Imprensa Superbid

Comentários

comentários

Close