.

Experimentei o Cabernet Franc Peñalolen 2010 em uma degustação oferecida pela Adega Baco, localizada no Setor Sudoeste, em Brasília. Foram quatro vinhos degustados na noite: um brasileiro da Serra Catarinense, um italiano do Piemonte, um chileno do Vale do Casablanca e um brasileiro da Serra dos Pirineus. Foi o chileno Cabernet Franc varietal (feito de uma única uva) da Vinícola Peñalolen que mais me chamou a atenção.

Nunca havia bebido um vinho produzido apenas com a Cabernet Franc – Na verdade, essa uva é muito usada em cortes bordaleses (misturas de vinhos de diferentes uvas com a finalidade dePeñalolen-2010 produzir um único vinho em Bordeaux) para dar cor intensa e fornecer alguns aromas de groselha e cereja negras – mas, adorei a ousadia da vinícola em fazer um Cabernet Franc varietal chileno.
O vinho, de cor púrpura intensa,  é extremamente aromático e bastante persistente no nariz. Senti muito aroma de pimentão verde, o que demonstrou que o vinho poderia ter amadurecido um pouco mais. Na boca, o Peñalolen Cabernet Franc mostrou-se persistente, com acidez média e taninos altos e apresentou notas de amoras, groselhas e pimenta. Acredito que este vinho deva melhorar muito se consumido daqui a  um ano.
O preço varia  nas lojas e na Internet  entre R$69 e R$85,00.
Close