.
Degustação de vinhos Lapostolle: tintos e brancos que encantam

Participei recentemente da degustação de vinhos da vinícola chilena Lapostolle, que são importados no Brasil pela Mistral. O evento reuniu profissionais de restaurantes, jornalistas e empresários no restaurante Steak Bull, em Brasília, e contou com a presença do gerente de marca Kendy Silvério, que fez a apresentação dos rótulos, e do gerente da Mistral Brasília, João Baptista Bonato.

Etiene Carvalho, ladeada à direita por Kendy Silvério e à esq. por João
Etiene Carvalho, ladeada à direita por Kendy Silvério, gerente de marcas da Lapostolle, e à esq. por João Baptista Bonato, gerente da Mistral Brasília.

Foram degustados os vinhos Lapostolle Le Rosé, Grand Selection Sauvignon Blanc, Grand Selection Cabernet Sauvignon, Lapostolle Le Rouge, Cuvée Alexandre Syrah e Le Petit Clos. De modo geral, todos esses vinhos seguem à risca a filosofia da vinícola de elaborar vinhos tintos, brancos e rosés inspirados na elegância dos vinhos do Velho Mundo. Sua proprietária e fundadora, a francesa Alexandra Marnier tem a proposta de criar vinhos notáveis misturando a experiência vitivinícola francesa ao terroir chileno. E, sinceramente, creio que consegue. Os vinhos da Lapostolle têm mesmo uma alma francesa – do mais simples ao mais complexo. O herbáceo, por exemplo, muito comum de ser encontrado nos vinhos chilenos, é algo que praticamente não se nota nos vinhos da Lapostolle, principalmente nos tintos.

Vou destacar aqui alguns que me chamaram a atenção:

Lapostolle Lé Rosé 2016

Lapostolle Le Rosé 2016 - estilo Provence
Lapostolle Le Rosé 2016 – estilo Provence

Um excelente vinho chileno rosado com toda a tipicidade dos rosés de Provence. É um vinho muito fresco, frutado e floral, elaborado com as uvas Cinsault, Syrah, Grenache e Mouvedre cultivados de maneira orgânica e biodinâmica. A cor é linda também. Um salmão claro que lembra os bons vinhos da Provence. R$119,00. Esse vinho ganhou 91 pontos de James Suckling.

Cuvée Alexandre Syrah 2013

Lapostolle Cuvée Alexandre Syrah 2013
Lapostolle Cuvée Alexandre Syrah 2013

Excelente Vinho elaborado 100% com a uva Syrah. Possui 15% de álcool, mas é extremamente equilibrado.Suas uvas são provenientes do Vale Cachapoal e ele amadurece 20 meses em barricas de carvalho francês, 80% de primeiro uso. É um vinho complexo, com notas de frutas vermelhas, folhas secas e especiarias, principalmente pimenta negra. Boa estrutura de taninos, uma acidez marcante e ótimo corpo e persistência. Apesar de ser um vinho concentrado, tem uma fineza típica de vinhos europeus. (R$230,00).

Les Petit Clos 2014

Le Petit Clos 2014: surpreendente!
Le Petit Clos 2014: corte bordalês surpreendente!

Vinho excepcional. Apesar de eu não me basear muito em pontuações, não seria justo deixar de mencionar que ganhou 93 pontos de Suckling e 91, de Parker logo em sua primeira safra. Vinho redondíssimo e reconhecido por muitos como um “mini” Clos Apalta, o melhor da vinícola. É realmente diferenciado e não é à toa que é considerado o segundo melhor vinho da Lapostolle. Segue o blend bordalês – 40% Cabernet Sauvignon, 30% Carmenere, 28% Merlot, 2%Petit Verdot. Possui bastante especiarias doces, como cravo e também um pouco de pimenta negra mesclado com frutas negras e vermelhas. Boa acidez e um equilíbrio notável, apesar de seus 14,5% de álcool. Os taninos são presentes, mas macios. A persistência é longa. Sem dúvidas, um vinho bom para ser guardado, mas que também está pronto para beber mesmo sendo jovem.

Sobre a Lapostolle

Lapostolle (Foto: visitcolchaguavalley.com)

A vinícola foi fundada pela francesa Alexandra Marnier e elabora vinhos tintos, brancos e rosés de grande classe e elegância, cuja inspiração são os melhores vinhos europeus. Com imenso prestígio, em poucos anos conseguiu aclamação da imprensa especializada, estabelecendo-se como um dos mais reputados nomes do vinho chileno.

O assessor da vinícola é o famoso enólogo Michel Rolland. A Lapostolle trabalha em mais de 370 hectares de cultivo e três vinhedos distintos, exportando seus vinhos para mais de 60 países, inclusive o Brasil.

 

Comentários

comentários

Close