.
abruzzo-1410815_960_720
Abruzzo é ponto de visita constante de turistas que fazem o “Cammino de San Tomazzo”. Agora, conta com fonte de vinho gratuita, 24h, para receber os peregrinos.

Milhares de turistas partem de Roma para Caldari di Ortona, em Abruzzo, todos os anos. O objetivo? Visitar a catedral onde estão os restos mortais do discípulo Tomás, segundo o Telegraph. Agora, os turistas vão contam com mais um motivo para a peregrinação: uma fonte de vinho tinto, inaugurada pelos proprietários da vinha Dora Sarchese, pretende saciar a sede dos viajantes que percorrem a famosa rota “Cammino di San Tommaso“.

A “fontana del vino”

A nova “fontana del vino” tem o formato de um barril de aproximadamente três metros de diâmetro. Dentro, há uma torneira para que as pessoas possam recolher todo vinho que quiserem, de forma gratuita e a qualquer hora do dia.

 

14517352_10154701820649260_1760811528711152676_n
Criada para dar boas-vindas aos visitantes, a fonte de vinho foi criada com ajuda de uma organização sem fins lucrativos. Foto: Dora Sarchese/Facebook.

Este projeto foi realizado com ajuda da organização Cammino di San Tommaso, sem fins lucrativos, que mantém a rota de peregrinação. A ideia veio inspirada na Fuente del Vino de Bodegas Irache, disposta ao longo da rota de peregrinação espanhola conhecida como o Caminho de Santiago. A diferença é que, no caso da fonte espanhola, o vinho é pago.

A iniciativa, segundo os criadores da fonte, é uma forma de dar boas vindas aos visitantes. Eles ressaltam, entretanto, que o local não é destinado para “bêbados” ou “arruaceiros”.

 

Fonte: BZR, ZAP

Comentários

comentários

Close